Climatização 13/04/2022 | 2 min. de leitura

Gás Refrigerante: Como funciona?

Você pode não saber, mas o gás refrigerante é parte fundamental para que seu ar-condicionado funcione corretamente. Ele auxilia na função de resfriamento do seu aparelho e de todos os eletrodomésticos que utilizam o sistema de resfriamento.

Entender como funciona o gás refrigerante é importante para que se identifique eventuais problemas relacionados a essa substância, como vazamentos ou quando o ar frio não flui pelas saídas de ar-condicionado.

O que é e como funciona o gás refrigerante?

Conhecido como gás refrigerante, os fluidos refrigerantes são substâncias que alteram o seu estado físico segundo o ciclo de refrigeração, que pode ser líquido ou gasoso.

Ele não é usado e não sofre desgaste quando realiza o transporte da carga térmica. Os fluidos são substância que evaporam e condensam dentro do equipamento de refrigeração gerando assim a troca de temperatura. 

Ao longo dos anos, graças as evoluções tecnológicas, esses gases estão ficando cada vez menos prejudiciais ao meio ambiente. As empresas estão mais preocupadas com as questões ambientais desenvolvem produtos que tenham bom desempenho e impacte menos a natureza, visto que os gases contribuem para a redução da camada de ozônio.

Leia também

Quais são os tipos de Gases Refrigerantes?

Existem no mercado diversos tipos de gases refrigerantes como os fluidos halogenados: amônia, dióxido de enxofre, dióxido de carbono e hidrocarbonetos não halogenados, como o metano.

Para os climatizadores comerciais e residenciais são encontrados mais facilmente os modelos R-22, R-407C e o R-410A, sendo o último, também chamado de “gás ecológico” a opção de gás refrigerante que gera menos impacto ao meio ambiente em comparação com outros.

Os gases ecológicos não emitem clorofluorcarbono, que é uma substância tóxica responsável pela redução da camada de ozônio, usados anteriormente como aerossóis e gases para refrigeração.

Quais os problemas relacionados ao gás refrigerante?

É importante saber que alguns contratempos em seu ar-condicionado podem estar relacionado com problemas no fluido refrigerador.

Ar frio não flui pelas saídas de ar

Se seu ar-condicionado estiver em modo frio e você perceber que tem ar em temperatura ambiente saindo, será necessário conferir o fluido refrigerante. Esse é o problema mais comum relacionado com esses gases.

Tubos congelados

As tubulações de cobre que ficam na serpentina. O gás refrigerante fornece resfriamento para o interior dessas tubulações. Elas são frias, mas não devem ficar congeladas. Se você perceber sinais de congelamento nas tubulações ou serpentina é possível que o fluido refrigerante esteja vazando.

Como escolher o gás refrigerante ideal?

Para fazer a escolha correta do gás refrigerante é importante levar em conta fatores como impacto ambiente e desempenho energético. Se o refrigerante possuir baixo desempenho energético, por exemplo, seu aparelho de ar-condicionado consumirá mais energia.

Atualmente, o gás refrigerante mais presente no mercado e menos nocivo ao meio ambiente é o R-410A. O Gás Refrigerante R-410A é composto pelos componentes Difluorometano e Pentafluoroetano, que não agridem a camada de ozônio.

Agora que você já sabe como funciona o gás refrigerante, leia outros temas relacionados à climatização.

Mais Vistos

Conecte-se com a Elgin

Cadastre-se e receba novidades e promoções por e-mail.