Como podemos deixar o ar-condicionado mais gelado? 

Guilherme Neves - 22/10/2019

Como montar uma sorveteria e ter lucro no 1º dia

Guilherme Neves - 22/10/2019

Tudo sobre máquina de costura para iniciantes

Guilherme Neves - 22/10/2019
Aprenda a ter um ar condicionado mais gelado
como montar uma sorveteria
imagem de uma mulher aprendendo a costurar.

A arte de costurar já era uma cultura que pertencia as nossas avós quando recriavam tecidos de forma manual. A agulha era o utensílio para que se criasse algo novo ou preservasse a roupa tão querida e cuidada. Naquela época já se trabalhava com máquina de costura, embora sem as funcionalidades que encontramos nos dias de hoje. Com o passar dos anos, o mercado foi se desenvolvendo ao ponto de produzir diversos modelos de máquinas de costura. No cenário atual, encontram-se desde máquinas de costura para iniciantes até máquinas destinadas ao uso profissional.

Sabe aquela roupa – saias, vestidos, calças ou camisetas – que precisa ser trabalhada, que necessita ser remodelada ou criações que devem ser feitas por meio de confecções? Para que isso aconteça é essencial contar com as funcionalidades de uma máquina de costura que tem a capacidade de renovar as coleções de roupas e, ao mesmo tempo, remendar tecidos de forma minuciosa.

Costureiras, fábricas de confecção e você que deseja aprender a arte de remendar tecidos agradecem essa solução. Claro que não é uma tarefa simples saber manejar uma máquina de costura, mesmo que seja adequada para iniciantes. Podemos dizer, inclusive, que se trata de uma manifestação artística que requer muito talento e criatividade.     

Sem dúvida, costurar é uma prática de relaxamento, que necessita de detalhismo, criação e atenção para que seja feito o trabalho de maneira assertiva. Realmente, pode-se realizar muitas coisas com uma máquina de costura. 

Muitas mulheres utilizam a máquina de costura como uma forma de aumentar a renda familiar, ao executar trabalhos sob encomenda ou criar peças para que consigam alavancar seus negócios.

Para quem está iniciando nessa arte, é necessário saber qual é a melhor máquina de costura para iniciantes. Deve-se ter certeza de suas funcionalidades para que seja feita a melhor compra possível. Que seria um um equipamento que atenda todas as suas necessidades. 

Então, caso esteja pensando em trazer uma nova cara para sua roupa ou até mesmo para abrir um negócio, reforçar o seu atelier, ou simplesmente, para usá-la como um hobbie, vale considerar entre diversos fatores, dois pontos importantes que são de extrema relevância na hora de adquirir essa solução: sua necessidade e qualidade.

Mas qual é o meu objetivo com a máquina de costura? Como podemos utilizar esse produto tão útil no nosso dia a dia? Qual a melhor máquina de costura para iniciantes? O produto precisa atender suas expectativas e ser ideal para o perfil de seu trabalho.

Para começar a costurar e aprender um pouco mais sobre tecidos, o primeiro passo é trabalhar com a máquina reta doméstica ao ponto de controlar o uso do pedal para fazer os pontos. Mas o que é ponto? Trata-se do entrelaçamento entre a linha e o tecido, que é realizado pela agulha e os outros elementos da máquina.

É possível regular o ponto dependendo do seu tecido e tipo de costura. Vale destacar uma importante questão: caso o ponto esteja frouxo, a costura pode abrir facilmente e se tiver apertado demais, o tecido pode ficar  franzido.

Tipos de máquinas de costura

É necessário conhecer as funcionalidades das máquinas de costura para que faça bom uso dela. No mercado, encontram-se dois segmentos: doméstico e industrial.

Doméstica x industrial

A máquina de costura industrial é para produção em massa e a de uso doméstico é dedicado para um trabalho mais artesanal. Para quem possui uma empresa de confecção, é recomendável usar o primeiro tipo. Já se a necessidade é ter apenas uma máquina que faça pequenas produções, a escolha deve ser pela máquina de costura doméstica.

A velocidade é a grande diferença entre as dois modelos: a doméstica faz em média 1.000 a 1500 PPM (Pontos por minuto) e a industrial faz 5.000 a 9.000 PPM. É uma diferença que reflete na quantidade de produção realizada pela máquina. A demanda faz com que a produção seja feita em pouco tempo. Nesse caso, a costureira que trabalha em uma grande empresa necessita realizar seu trabalho de forma rápida. Diferente de um trabalho feito por uma costureira doméstica.

Uma máquina de costura portátil realiza diversos tipos de pontos, entre utilitários e decorativos. A industrial possui uma resistência muito maior do que a doméstica. Trabalha por horas e tem uma longa durabilidade. Por outro lado, a doméstica, pode começar a apresentar problemas caso seja usada em excesso. A praticidade é outra diferença: o modelo industrial é apenas para ser colocado em bancadas. Seu tamanho não permite que seja colocado em cima de uma mesa.  

Mecânica x Eletrônica

Enquanto na mecânica a escolha dos pontos e seu comprimento é feita por meio de botões seletores de pontos. Na eletrônica, os pontos e os seus comprimentos são selecionados por meio de teclas da máquina.

As maiores diferenças entre as máquinas: a potência do motor e a variedade de pontos. Máquinas mecânicas normalmente são mais potentes. Costuram mais rápido e suportam trabalhos mais pesados. Já as máquinas eletrônicas possuem muito mais pontos que as máquinas mecânicas.

Deve-se considerar com qual objetivo você pretende utilizar a máquina. Por exemplo, costuras de materiais leves ou com poucas camadas podem ser trabalhadas em máquinas mecânicas ou eletrônicas e materiais mais pesados como jeans ou montagens de peças com muitas camadas, necessitam de modelos mais potentes, que é o caso das mecânicas.

São máquinas de costura que atendem a sua necessidade

Elgin e sua coleção de máquina de costura

Portátil x Fixa

Utilizada por muitas pessoas para criar artesanatos, reparos e ajustes, a máquina de costura portátil ou doméstica é aquela máquina que encontramos em casas e pequenos ateliês. Tipo de máquina de costura que pode ser facilmente transportada, já que são pequenas, leves e compactas. 

Indicada para ser instalada em um local com espaço e que fique fixa no lugar, a máquina reta industrial é utilizada para atender grandes demandas de peças é uma máquina de costura de grande porte.

Tipo de costura a ser feita

De acordo com a norma técnica (ISO 4916:1991), a classificação das costuras é dividida em oito classes. As máquinas, agulhas e até mesmo pontos e costuras são classificadas segundo normas técnicas obrigatórias, como: ABNT, ABIT, Abravest e ISO. 

Tecidos a serem costurados

Utilizada para atender grandes demandas de peças, a máquina reta industrial pode ser usada para costurar tecidos pesados e grossos, como jeans, lona e couro. As máquinas portáteis podem trabalhar praticamente com os mesmo tipos de tecidos da industrial, mas em uma escala menor de produção. O trabalho demanda mais atenção a espessura do tecido e a prática da costureira ou costureiro.

Tipos de pontos

O tipo de ponto é resultado da repetição do ponto em intervalos regulares. Além do básico, que é unir tecidos, os pontos também possuem outras funções como: casear, pregar botões, chulear e bordar. 

Ponto reto – Sua função é realizar costuras retas. 

Ponto ziguezague – Utilizado em apliques, botoeiras e bordados. É um ponto que é comum de ser realizados pelas costureiras. 

Ponto invisível – Para que os pontos não fiquem muito visíveis, os pontos invisíveis são usados para costurar bainhas. Pode ser usado como ponto decorativo. 

Ponto de overlock – O overlock é um ponto com três ou quatro linhas. Usado para dar uma finalização melhor para as costuras e bordas de tecido. Foi desenvolvido para costurar em apenas uma etapa.

Tecido confeccionado por uma máquina de costura.

Máquina de costura em processo de confecção

Como se apresenta o mercado das máquinas de costuras?

Mercado

Há várias opções de trabalho que podem ser feitos em uma máquina de costura. Peças de vestuário, patchwork, consertos, acessórios e quilting são alguns exemplos. Se os trabalhos a serem realizados forem básicos, não vale adquirir uma máquina eletrônica com 240 pontos. Um modelo mais simples já funciona perfeitamente para você. Mas, caso, pense em desenvolver seu negócio em pouco tempo, vale investir em um equipamento mais robusto, que seja completo.

No mercado, existem muitas opções de marcas e modelos. No entanto, devemos colocar em pauta questões como: valor disponível para o investimento e finalidade do equipamento.

Sem dúvida, uma das coisas que mais pesam na hora de decidir é o investimento. É essencial focar na sua real necessidade, para que não seja pago um valor alto por uma máquina de costura que não lhe atender da forma desejada.

Que funções preciso ter para começar a costurar?

As agulhas de mão podem ser testadas em vários tecidos e as agulhas das máquinas de costura são aplicadas em indicações específicas. Por isso, não deve se costurar malha com uma agulha indicada para tecidos sem elastano. Assim como, não é indicado usar uma agulha mais grossa e pesada em um tecido mais fino. Fique atento quanto a isso, pois utilizar agulhas erradas pode atrapalhar a costura e danificar a sua peça.

O que impacta no valor da máquina de costura?

Como em todo produto de mercado uma das questões que mais influencia é o valor. Inclusive, o preço desse produto pode ser uma variável muito importante na hora de sua escolha. No mercado, há uma ampla variação de preços: desde R$ 100,00 até impressionantes mais de R$ 15.000,00. Então, analise com cuidado qual a melhor solução para sua casa ou empresa. Compare suas diferenças e funcionalidades. Em algumas lojas do setor varejista é possível encontrar modelos compatíveis para sua necessidade e de baixo custo.

Vale a pena investir em máquinas de costura com baixo custo?

O valor de uma máquina de costura de qualidade média gira em torno de 400,00 reais. Caso a proposta seja apenas costurar não é necessário  pesquisas as máquinas que bordam. Mas se a finalidade é bordar, não precisa buscar máquinas que somente costuram.

Melhores máquinas de costura para iniciantes:

Bella BL-1200

Perfeita para uso doméstico com 6 diferentes tipos de pontos úteis, o modelo faz Costura Reta, Zig Zag e também 2 pontos para bainha invisível.Indicada para pequenos e leves reparos em tecidos não elásticos. É bivolt, tem Luz de LED, Conjunto de Acessórios, Corta-Fio, Pedal com Controle de Velocidade e Porta-acessórios embutido.

FUTURA JX-2040

Máquina de costura para iniciante.

Portátil, com alça para transporte, é perfeita para uso doméstico. Com 10 pontos, ela é ideal para pequenos reparos tem caseador automático, faz costura zig zag (3 larguras), possui três pontinhos e braço livre.

PRÁTIKA JX-2051

Máquina de costura para iniciante.

Máquina de costura portátil, prática e completa. Ela faz 9 tipos diferentes de pontos entre utilitários e decorativos, possui braço livre que permite realizar costuras tubulares em barras de calças e punhos de camisas. Também conta com cortador de linha na tampa frontal e estrutura interna com material reforçado.

Conclusão: Que tal ter uma máquina de costura em sua casa?

Com tanta opções e características, não é uma decisão fácil escolher a melhor máquina de costura que se adapte a sua necessidade. Saiba que a máquina de costura industrial é indicada apenas para quem possui altas demandas de trabalho, como grandes confecções e a máquina de costura doméstica certamente é a melhor opção para trabalhar em casa ou até mesmo em negócios que não necessitam de tanto tempo de produção.

Custo-benefício do produto, qualidade e a durabilidade são outras questões que devem influenciar em muito na hora de se decidir por um modelo. 

 Cores e tecidos utilizados em uma máquina de costura.

Qualidade e durabilidade

Ter qualidade é algo indispensável para qualquer produto. Uma máquina de costura que possui uma boa durabilidade é o desejo de qualquer costureira ou para aqueles iniciantes que desejam abrir um negócio ou utilizá-la apenas como um hobby, um passatempo para relaxar e esquecer os problemas.

Procure sempre por marcas que tenham tradição. A trajetória de sucesso da Elgin teve início,  inclusive, com a marcante produção de máquinas de costuras em 1952. São mais de 65 anos de história presente na casa de milhões de brasileiros e, principalmente, na mesa de milhares de costureiras que, diariamente, utilizam nossas máquinas de costuras. 

Gostou do texto? Confira outros conteúdos em nosso blog!