Marketing para sorveteria é a estratégia para vender mais

Guilherme Neves - 13/03/2020

Luz de emergência é a segurança necessária para ambientes

Guilherme Neves - 13/03/2020

Sistema com placa solar é a garantia de uma energia renovável para você

Guilherme Neves - 13/03/2020

Reduzir sua conta de luz, valorizar seu imóvel, contribuir para o bem do meio ambiente e ter sua própria energia, o que você poderia querer mais? Ter uma placa de energia solar não é simples, requer investimento, estudos do mercado, mas, no final, saiba que vale muito a pena adquirir um produto como esse.

Ainda mais se contarmos com os altos valores gastos de energia elétrica em sua casa e também pelo consumo incorreto dos eletrodomésticos. É nesse cenário que a placa solar se mostra muito importante e, sobretudo, eficiente ao lhe oferecer uma energia limpa e sustentável.

Seu papel não é somente reduzir a conta de luz. Ter energia solar valoriza sua casa ou empresa e contribui para um meio ambiente livre de elementos nocivos. Um meio ambiente mais limpo e sustentável.

Mas como é produzida essa energia? Só é possível obter energia solar com o trabalho realizado pela placa solar. O sol incide nos painéis solares que captam energia e converte a luz do sol em eletricidade de corrente contínua.

Onde é instalado as placas solares? Em telhados de casas ou na parte superior de edificações. Como elas são constituídas? As placas solares são feitas por um material semicondutor como o silício que possui células fotovoltaicas que captam a radiação do sol.

As células são componentes responsáveis pela conversão da energia solar em energia elétrica. Quanto mais células uma placa fotovoltaica apresenta, maior será o seu potencial de geração de energia.

Lembre-se que a geração de energia solar não é interrompida, mesmo que o tempo esteja nublado ou apresente dias chuvosos. A eficiência do sistema é tão grande que os módulos solares conseguem captar a radiação até mesmo em condições climáticas adversas.

placa de energia solar

Como funciona uma placa de energia solar?

O que é uma placa de energia solar?

A placa solar pode ser conhecida como painel solar, placa de luz solar ou placas fotovoltaicas. Trata-se de um equipamento chave de um sistema solar fotovoltaico

Como funciona uma placa de energia solar?

O processo se inicia quando os fótons – partículas elementares da luz do sol – atingem a célula fotovoltaica e reagem com o material semicondutor da qual é composta, que são os átomos de silício.

Após esse processo, as partículas fazem com que os elétrons do lado negativo se desprendem.

E esses elétrons não conseguem passar diretamente para o lado positivo, em função da presença de um campo elétrico que se cria.

Como ocorre a formação da corrente elétrica? Quando as partículas de luz solar colidem com os átomos do material do painel solar, provoca o deslocamento dos elétrons e por consequência resulta em uma corrente elétrica.

De maneira simples, o efeito se baseia no surgimento de uma tensão elétrica em um material semicondutor, quando este é exposto à luz visível.

Kit de Energia Solar Residencial

Para um sistema fotovoltaico padrão (conectado na rede elétrica da sua residência) você vai precisar de um Kit de Energia Solar residencial: painéis fotovoltaicos (placas solares), inversor solar, string box, estrutura de fixação, cabos e conectores específicos para energia fotovoltaica.

Mas como funciona o processo? Durante o dia, os painéis solares, conhecidos também como módulos fotovoltaicos, captam a luz do sol e o Kit Elgin transforma essa energia em energia elétrica apta para ser usada pelos eletrodomésticos da sua casa, atendendo suas necessidades de consumo.

E toda energia que for produzida e não for consumida será injetada na rede distribuidora de energia local. Nesse momento, um medidor bidirecional (componente do sistema fotovoltaico que tem a função de medir o consumo de energia elétrica) contabiliza a saída de energia da sua casa direto para a rede elétrica. À noite, quando não há produção de energia solar, o consumo é atendido pela rede elétrica local. O medidor bidirecional então começa a contabilizar a entrada de energia.

Sua conta de luz será calculada por um sistema de compensação, no qual toda a energia que saiu servirá como desconto para toda energia que entrou. Quando a saída foi maior do que a entrada, gerará créditos, para que você consiga abater em futuras conta de luz, reduzindo, assim, sua despesa para tarifas mínimas.

Vale a pena investir em uma placa de energia solar fotovoltaica?

Saiba que o investimento em um equipamento para geração de energia solar pode variar de acordo com a quantidade de energia que o imóvel consome.  

As vantagens oferecidas com a instalação de um sistema de energia solar devem ser analisadas na hora do investimento. Entre várias delas, a redução na conta de energia que pode chegar a até 95% é a principal. 

Porque investir em produção de energia solar?

Sustentabilidade. A energia solar não emite poluentes durante o processo de geração e é fonte inesgotável. Sua casa ou empresa se torna muito mais sustentável ao ponto de reduzir consideravelmente a utilização de fontes de energia que provavelmente contém substâncias nocivas ao meio ambiente.

Pelo potencial que tem o Brasil de irradiação solar. É excelente, principalmente quando comparado a muitos outros países. Por exemplo, a Alemanha apresenta uma irradiação solar média de aproximadamente 3 kWh/m²/dia. Já no Brasil, esta irradiação é duas vezes maior, chegando a 6 kWh/m²/dia.

Valorização do imóvel. Como este tipo de instalação está cada vez mais presente, os imóveis que contam com esta tecnologia se tornam ainda mais valorizados.

Outro ponto é a possibilidade de redução das despesas com energia elétrica. Elas tendem a ser bem menores e com o proveito de uma fonte de energia ecologicamente correta.

Leia também:

Financiamento de energia solar: o manual completo

Aprenda tudo sobre inversor solar

Como construir casas ecológicas

Investimento em placas pequenas

No Brasil, é possível adquirir uma placa solar com até 330W por R$ 849 (dependendo da cotação do dólar). Mas os custos de uma placa solar pequena pode variar entre R$ 700 e R$ 900, isso tomando como base o seu potencial energético.

Utilização de placas solares pequenas

Vale destacarmos a importância da utilização de placas solares pequenas em projetos escolares, projetos de iluminação com lâmpadas LED, recarga de aparelhos telefônicos e outras aplicações.

As placas solares pequenas ajudam a economizar energia em escolas, poupando de R$ 1 mil até R$ 2 mil no valor das contas de luz. Sem dúvida é um investimento que ressalta toda a importância de ter uma placa solar trabalhando para uma geração de energia inesgotável!

E outro ponto é que o aproveitamento da energia solar para a iluminação de pequenas luzes de LED e em aparelhos eletrônicos pode reduzir os custos da conta de energia, o que é uma grande vantagem para você.

Placas pequenas para geração de energia residencial

Para casas menores é recomendável que as placas solares sejam pequenas, com o intuito de produzir energia fotovoltaica em sua residência de modo mais prático possível. O preço de sua instalação vai depender principalmente do tamanho e complexidade do espaço.

Como fazer uma placa de energia solar fotovoltaica?

Em função do preço não ser tão atrativo como deveria ser, alguns consumidores pensam na hipótese de fabricar sua própria placa solar.

Mas isso seria complexo ou demandaria muito trabalho? Poderia ser feito da seguinte forma: adquirir as células fotovoltaicas por meio de sites estrangeiros e produzir, por conta própria, o módulo. Algo que não seria exatamente o certo a ser feito.

Isso porque há uma precariedade de recursos de segurança, o que pode impactar em uma produção de energia solar caseira altamente perigosa, tanto para você que pode sofrer graves choques elétricos, quanto para sua propriedade, que pode acabar sendo danificada por curtos elétricos.

Realmente a melhor alternativa para ter energia solar é adquirir os equipamentos necessários para transformar a energia elétrica.

Além do que os equipamentos que compõe um sistema fotovoltaico devem ter a certificação INMETRO para poderem ser conectados à rede da distribuidora.

Placa de energia solar é fundamental para um sistema fotovoltaico

Placa solar é a energia que falta para sua casa

Evolução da fabricação de placas solares

As primeiras placas solares comercializadas foram produzidas na década de 70, no auge da crise do petróleo, justamente por grandes empresas exploradoras do combustível, que tinham o capital necessário para investir comercialmente em pesquisas de melhoria das células fotovoltaicas.

Quantas placas de energia solar são necessárias?

Ao procurar por uma empresa de energia solar, deve-se saber exatamente quanto você consome de energia. Recomenda-se calcular a média de consumo dos últimos 12 meses para que se faça uma análise ao ponto de realizar um planejamento melhor quanto ao seu uso.

Por exemplo, para uma residência localizada na região Sul pode ser necessário 7 painéis solares. Já para uma casa na região Centro-Oeste, Sudeste, Norte e Nordeste é preciso, em média, 8 placas solares.

Há variações entre os sistemas fotovoltaicos dos consumidores. Cada sistema é projetado com base nos dados do consumo energético anual. Calcule a sua economia e saiba mais sobre o Kit Solar da Elgin.

Qual o preço médio de uma placa de energia solar?

Os preços são muitos e variam de acordo com o fabricante de geração de energia que a placa pode produzir. Empresas de energia solar compram as placas normalmente em pallets ou em contêineres.

O preço das placas solares no Brasil contabiliza fatores, como: taxa de câmbio, desembaraço, frete e impostos.

Confira as vantagens de ter um sistema de energia solar. 

Valor de acordo com a eficiência

Quanto maior a eficiência da placa solar melhor é a placa solar. Quanto mais eficiente for a sua placa de energia solar maior será o seu preço. Quanto maior a eficiência, mais energia a placa gera por m².

Como poderíamos mensurar o valor, seja no âmbito nacional e internacional? A placa solar com eficiência de 16.5% pode custar, fora do Brasil, cerca de U$ 0,36/Watt. Já em terras internacionais, a placa solar com eficiência de 20.0% pode custar, por volta de U$ 0,42/Watt

E qual a diferença nos casos? A placa de 16.5% gera 165 Watts por m² e a placa solar oriunda de outro país com eficiência de 20.0% vai gerar 200 Watts por m².

Valor completo com material mais a instalação

Como é feito o cálculo? O valor engloba os materiais e tecnologias utilizados na fabricação, além do valor da mão de obra para instalação, região e tamanho do sistema fotovoltaico.

Fatores que influenciam no preço da placa solar

Assim como outros equipamentos que utilizam tecnologia de ponta, o valor da placa solar é influenciado por fatores externos como transporte e produção.

O preço da placa solar pode sofrer variações de acordo com a região em que ela será instalada.

Placas de energia solar Elgin

Painéis solares fotovoltaicos – 320W – policristalino

O produto que tem alta confiabilidade conta com selo A do INMETRO e permite a homologação em todas as concessionárias do Brasil. Possui 25 anos de garantia de geração de energia e 10 anos de garantia contra defeitos de fabricação.

PAINEL_SOLAR

Conclusão: Ter um sistema com placas de energia solar é um ótimo negócio

A placa solar é um dos aparelhos mais importantes para que possa ser produzida energia solar na sua casa.

Saiba que o funcionamento da energia solar residencial é simples. Só é preciso determinar como será o sistema: se será isolado, não conectado à rede ou o conectado à rede da distribuidora de energia elétrica.

Em ambos os sistemas, o painel solar absorve a luz do sol e produz energia elétrica. Os painéis solares são conectados uns aos outros e ligados ao seu inversor solar, que transforma a energia produzida, inicialmente de 12 amperes, para 127 volts ou 220 volts.

Considerada como uma ótima alternativa para a geração de energia limpa, a placa solar capta energia para ser aproveitada no funcionamento de aparelhos domésticos, recarga de aparelhos eletrônicos, iluminação pública, eletrificação de cercas, sistemas de uso coletivo, como geração de eletricidade para postos de saúde, escolas e centros comunitários e entre outras aplicações.

Os custos de frete, seguro e impostos são alguns dos problemas da comercialização no Brasil. Essas questões elevam o preço do painel solar, embora há isenções de alguns impostos (em alguns estados mais do que em outros), o que impede que seu preço no Brasil seja ainda mais alto – se comparado com os preços no exterior.

Comprar uma única placa solar pode sair mais caro do que adquirir um pallet (geralmente com 20 ou 30 módulos). E não adianta ter somente o painel solar. É necessário ter o kit completo para que funcione o sistema fotovoltaico. Além disso, quando se adquire o kit completo de painel solar de um fornecedor, é possível aplicar algumas isenções tributárias referentes a equipamentos de geração de energia limpa.

Já as grandes distribuidoras de equipamentos conseguem praticar preços menores, mas geralmente não vendem ao consumidor final (pessoa física), vendendo somente a empresas instaladoras.

Gostou do texto? Confira outros conteúdos em nosso blog como este!