Iluminação 01/08/2022 | 4 min. de leitura

Como é feito um projeto luminotécnico?

Desenvolver um projeto luminotécnico para uma residência é importante para que os moradores da casa tenham ambientes iluminados de maneira adequada, garantindo conforto visual e harmonia entre luz artificial e natural.

Além disso, o planejamento de iluminação otimiza os espaços arquitetônicos, aumentando a funcionalidade dos cômodos e melhorando a qualidade de vida dos usuários.

Pensando nisso, separamos orientações para você realizar um projeto luminotécnico correto para sua casa ou para seus clientes.

Qual a importância do projeto da realização do luminotécnico?

Para um planejamento assertivo de iluminação para cada ambiente, é essencial ter um projeto luminotécnico. Assim, impede-se que os locais sejam iluminados demasiadamente ou insuficiente.

Um ambiente com iluminação correta promove bem-estar para pessoas que utilizam o espaço e ajuda a aumentar a produtividade. Já um ambiente com iluminação inapropriada pode provocar o desenvolvimento de problemas de saúde, além do impacto negativo no valor da conta de energia.

Além disso, os projetos luminotécnicos ajudam na valorização da decoração, realçando a estética dos objetos dispostos no ambiente.

Quais os tipos de iluminação?

Iluminação direta

Nesse modelo de iluminação, a luz é focada em um ponto específico, a iluminação fica direcionada para um objeto. Essa alternativa é muito utilizada em salas de estudo e leitura, consultórios médicos e ambiente para maquiar, por exemplo.

Iluminação indireta

A intenção de utilizar a iluminação indireta é destacar um objeto, mas sem focar diretamente em determinado ponto. Podem ser inseridos em forros de gesso, sancas, de forma destacada no piso.

Iluminação difusa

Utilizar a iluminação difusa garante que todo o ambiente seja iluminado de forma amena, evitando assim contrastar ou sombrear os objetos. Nesse processo, um filtro é colocado sobre a lâmpada, para que a luz seja suave. Sua aplicação mais comum é em locais como quartos, banheiros e salas.

Leia também:

Como elaborar um projeto luminotécnico?

Para desenvolver um projeto luminotécnico é importante considerar algumas premissas:

Entender o projeto arquitetônico e os usos dos ambientes

Analise o projeto arquitetônico por inteiro para entender a disposição e funcionalidade de cada ambiente, assim é possível determinar quais os melhores tipos de iluminação para cada cômodo.

Para melhor aproveitamento da iluminação natural, entenda a posição do terreno em relação a posição solar, possibilitando fazer a captação da luz solar segundo os horários e estações do ano em cada local.

Definir o tipo de iluminação para cada ambiente

Cada cômodo deve ter um tipo de iluminação específica. Banheiros e cozinhas, por exemplo, precisam de iluminação clara e uniforme. Já na sala de estar, são utilizadas lâmpadas amarelas, para deixar o cômodo mais aconchegante.

Importante também prestar atenção à temperatura das lâmpadas para não emitir muito calor no local.

Escolher luminárias e lâmpadas

Ao escolher lâmpadas e luminárias para um projeto luminotécnico é importante saber sobre o nível de iluminância (lux) adequado para cada cômodo. Em um cômodo como banheiro deve ter 150 lux. Entretanto, se tiver um espelho no local, essa área espelhada precisa de 300 lux.

Além do nível da iluminância, é necessário levar em conta a potência elétrica medida em watts (w) que traduz o consumo de energia da luminária.

A potência elétrica deve ser observada ao escolher lâmpadas e luminárias para os ambientes. As lâmpadas de LED são mais modernas e seu uso é uma tendência cada vez mais presente na casa dos consumidores.

Sua tecnologia é responsável por oferecer um baixo consumo de energia. São 60% mais econômicas que as lâmpadas fluorescentes compactas.

Verificar a distribuição de luz

Mesmo que o projeto use diversos tipos de iluminação, deve haver uma uniformidade na iluminação, para manter um conforto visual.

Locais em que os usuários precisam ter atenção constante, devem manter a iluminação uniforme para evitar o cansaço visual e aumentar a produtividade.

Atente-se também aos contrastes gerados pelas lâmpadas e luz natural, que podem ofuscar os olhos, atrapalhando na realização de atividades.

Melhores produtos de iluminação para um projeto luminotécnico

É muito importante adquirir produtos de marcas confiáveis e que possuem qualidade, garantindo os resultados esperados em seu ambiente. Como a Elgin, marca brasileira com mais de 70 anos de história, conta com esses diversos tipos de iluminação. 

A empresa oferece diversos produtos de iluminação para deixar seu ambiente do jeito que deseja e complementar ainda mais a decoração. Confira algumas opções:

Além das tradicionais lâmpadas de LED, estão disponíveis:

Depois dessas dicas, ficou mais fácil de fazer um projeto luminotécnico?

Mais Vistos

Conecte-se com a Elgin

Cadastre-se e receba novidades e promoções por e-mail.