Ar-condicionado 13/10/2021 | 4 min. de leitura

Dicas de como instalar ar-condicionado

Você sabe como instalar o ar-condicionado? A correta instalação do aparelho é essencial para garantir seu bom funcionamento

O ar-condicionado já se tornou objeto indispensável em muitas residências e principalmente nos escritórios e empresas. E a instalação desse aparelho precisa ser feita com bastante cuidado e atenção às normas e aos planos de manutenção (PMOC) para que ele trabalhe em seu máximo desempenho.

Para te auxiliar com a instalação do seu ar-condicionado, listamos dicas essenciais para o bom funcionamento do seu produto.

Escolha um local adequado para instalação

O primeiro passo de como instalar ar-condicionado para garantir que ele opere de forma adequada é decidir o melhor lugar para sua instalação, para isso é necessário levar em conta alguns fatores:

Parte interna

  • Verificar se nenhum obstáculo vai impedir a entrada e saída de ar do aparelho.
  • A parede deve suportar o peso da unidade evaporadora, dreno, do fluido refrigerante, da fiação elétrica e as vibrações do ar-condicionado enquanto estiver funcionando.

Parte externa

  • Evite ambientes fechados como banheiros e lavanderias, opte por lugares abertos e bem ventilados, além disso, garanta que o aparelho não fique exposto diretamente ao sol e ao vento.
  • A estrutura da parede também deve suportar o peso da unidade condensadora e vibrações do objeto.
  • Escolha um lugar não que não distancie muito as tubulações que conectam as duas unidades.

Verifique a rede elétrica da sua casa ou escritório

Outro fator importante é observar qual a tensão necessária para o aparelho funcionar, e se está de acordo com a tensão elétrica do ambiente. Os modelos split, que possuem a unidade evaporadora (responsável pela saída do ar no ambiente interno) e condensadoras (que fica na parte externa) separadas, usualmente possuem tensão 220V.

No momento da instalação, peça ao técnico para montar a tomada elétrica e se necessário, peça para distribuir a energia da sua região a alteração da rede.

Se atente à capacidade do aparelho

A capacidade do produto deve ser observada em BTU (British Termal Unit, ou Unidade Térmica Britânica), e para climatizar um ambiente corretamente, é necessário verificar o tamanho do local que será instalado.

Para um ambiente de 20m², por exemplo, é necessário um equipamento de 12 mil BTU/hora. Ademais, é importante considerar o número de pessoas transitando no espaço, fontes de calor e incidência de sol.

Leia também:

Considerar a arquitetura do ambiente

Outro ponto relevante de como Instalar ar-condicionado é buscar um profissional para o projeto de climatização do seu espaço. Ele vai considerar as dimensões e finalidades do espaço, se o ambiente possui janelas, portas e se reflete sol.

Vale lembrar que é importante verificar a planta e projeto da residência para verificar estruturas de paredes, vigas e encanamentos, além da rede elétrica disponível e adequada às demandas do ar-condicionado. Por segurança, é necessário que a instalação elétrica do aparelho esteja conectada a um disjuntor exclusivo.

Contrate profissionais especializados

Não recomendamos que o aparelho de ar-condicionado seja instalado pelo consumidor. É interessante, desde o momento da comprar, obter ajuda de um profissional especializado em climatização. O instalador irá te auxiliar em todo o processo de instalação, e seguirá as instruções para que o aparelho não perca a garantia.

O técnico especializado tem maneiras específicas de posicionar o ar-condicionado sem que danifique a parede, e na parte externa condensadora, deve ser instalado de uma forma em que o acesso aos componentes sejam facilitados.

Essas dicas são essenciais para que a instalação do seu aparelho seja feita corretamente, garantindo o máximo desempenho do ar-condicionado e evitando que haja consumo demasiado de energia elétrica.

Escolha um ar-condicionado de qualidade e econômico

Como o mercado conta com diversos tipos de ar-condicionado, vale conhecer qual o melhor aparelho para sua necessidade. 

Presente em todo o Brasil, os aparelhos da Elgin são ideais para refrigerar ou aquecer os ambientes. Os modelos disponíveis são eficientes, práticos e não oferecem malefícios ao meio ambiente. 

Veja quais modelos podem ser a solução para você:

Piso Teto Inverter Elgin (PIF)

Com capacidade de 36.000 na versão frio, o modelo vem com um design sofisticado e elegante. É a solução de climatização sustentável que atende ambientes com as mais variadas capacidades.

Nosso time de engenheiros especialistas criaram o Piso Teto Inverter, um produto projetado e produzido em território brasileiro visando incentivar a produção e o mercado nacional.

Trabalha com Gás Ecológico R-410A e conta com a tecnologia inverter, que traz uma economia de até 40% de energia.

Cassete Inverter

Cassete Inverter possui um design elegante e é capaz de refrigerar diversos ambientes de médio a grande porte, oferece capacidades de 36.000, 48.000 e 60.000BTU/h, na versão frio e trabalha com Gás Ecológico R-410A.

O modelo conta com um baixo nível de ruído devido a tecnologia inverter, sendo muito mais econômico por fazer menos força para funcionar e consumindo menos energia elétrica.

imagem de um ar-condicionado

Eco Inverter

Com classificação A no Inmetro, o Eco Inverter tem capacidade de 9.000 a 30.000btu/h na versão só frio e quente/frio. É capaz de refrigerar diversos ambientes de médio a grande porte, trabalha com Gás Ecológico R-410A.

O aparelho também conta com sistema inverter que traz uma economia de até 40% de energia. Além disso, conta com a opção Wi-Fi (opcional).

Mais Vistos

Conecte-se com a Elgin

Cadastre-se e receba novidades e promoções por e-mail.