Conheça a impressora industrial da Elgin: a opção que protege seu investimento

Guilherme Neves - 02/09/2020

Preço da máquina de sorvete flexibiliza seus negócios

Guilherme Neves - 02/09/2020

Umidade do ar: confira o índice ideal e outras dicas

Guilherme Neves - 02/09/2020
Imagem da máquina de sorvete expresso.

Mesmo que sejam somente pequenas gotas caindo do céu! Precisa chover para que a umidade do ar traga melhor qualidade de vida para as pessoas. 

Mas, como não podemos contar sempre com os trabalhos realizados pelos fenômenos da natureza, temos que buscar alternativas para enfrentar as consequências de um tempo seco.

Obstrução nasal, espirros, irritação na garganta e olhos são malefícios ocasionados pelas condições climáticas típicas em ambientes de baixa umidade.

Assista o vídeo e saiba mais sobre o umidificador de ar da Elgin

Para quem mora em São Paulo, uma redução baixa pode ser um grande problema, por isso é importante saber como cuidar da saúde no outono.

Para enfrentar situações de dificuldade relacionadas às condições climáticas, principalmente, no inverno, a dica é utilizar um umidificador de ar que traz inúmeras vantagens para você e toda sua família.

O que é umidade do ar?

A umidade do ar é um dos mais relevantes elementos que atuam na atmosfera. Sua presença influencia nas temperaturas, nas precipitações pluviométricas e até mesmo na nossa saúde.

Há vários fatores que influenciam diretamente na quantidade de umidade existente no ar em determinada região. Por exemplo, a maritimidade, que é a influência do mar sobre as áreas litorâneas. 

Em razão do elevado índice de evaporação das águas oceânicas, a umidade do ar tende a ser maior. Por outro lado, em regiões continentais, interioranas, o ar tende a ficar mais seco, a não ser que outro fator altere esse cenário.

Considere também a importância da movimentação das massas de ar. No caso, se as massas de ar estão úmidas, a tendência é ter um aumento nos índices de chuva.

Na Floresta Amazônica, quando há uma grande quantidade de água na atmosfera por meio da evapotranspiração — uma espécie de “bombeamento” da água da superfície e também do solo para o ar. 

E a floresta também é responsável pela geração de umidade para outras regiões, na qual todo esse vapor d’água gerado é deslocado para outras áreas do país.

Leia também: Ter um ar-condicionado faz mal à sua saúde?
Como ter um ar-condicionado mais econômico?
Ar-condicionado da Elgin: a eficiência e segurança que você precisa

Como é medida a umidade do ar?

A umidade do ar pode ser medida por meio de aparelhos, como um higrômetro digital ou termo-higrômetro

A forma mais simples e caseira é medindo o ponto de condensação. Neste caso, você precisará de um termômetro, uma lata com água e cubos de gelo.

Você deve encher com água uma lata e adicionar os cubos de gelo. Faça isso aos poucos e mexendo a água com o termômetro para manter na superfície da lata a mesma temperatura da água.

Agora continue mexendo até formar a condensação. Quando formar, veja a temperatura do termômetro. Essa é a umidade relativa do ar.

Imagem de um efeito causado pela umidade do ar.
Efeito causado pela umidade do ar

Umidade relativa do ar em ambiente aberto

O nível de umidade ideal para o bom funcionamento do corpo humano varia entre 40% e 70% em ambientes abertos.

Umidade relativa do ar em ambiente fechado

A umidade ideal para ambientes fechados é de 45%. Quando esse valor fica abaixo dos 30%, o ar se apresenta muito seco. E quando ele está acima dos 50%, a tendência é ficar muito úmido.

Uma indicação de que a umidade da sua casa está muito alta é quando os vidros da sua casa frequentemente se apresentem embaçados. 

Indícios de mofo nas paredes e no teto, além de paredes constantemente molhadas, também indicam excesso na umidade do ar.

Indícios de secura e rachaduras em móveis e pinturas também podem ser indicativos de umidade muito baixa.

Qual é a umidade do ar ideal pela OMS?

Segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde, o índice adequado à saúde humana deve estar entre 40% e 70%, se mostrando prejudicial caso esteja acima ou abaixo desses valores.

Doenças causadas pela baixa umidade do ar

A umidade do ar no tempo seco também pode ser um problema no verão, especialmente em locais mais secos, afastados da costa ou em grandes cidades, onde há poluição no ar. 

Quando o valor está abaixo do considerado ideal, pode ocorrer sintomas no nosso organismo como garganta seca, mal-estar, dor de cabeça e incômodo na respiração. 

Já quando está acima, os microrganismos que causam alergias têm as condições necessárias para se proliferarem e causarem problemas respiratórios.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, o nosso sangue fica mais denso com a baixa umidade do ar, o que facilita um possível “entupimento” dos vasos sanguíneos. 

Além dos problemas de saúde, podem ocorrer transtornos domésticos: a poeira se acumula muito mais rápido, fazendo com que móveis e pisos de madeira fiquem mais desgastados e com rachaduras.

Como evitar as doenças causadas pela umidade do ar?

Como podemos nos precaver da baixa umidade do ar em tempo seco? Ao ingerir bastante líquido, espalhar panos ou baldes com água em ambientes da casa, como no quarto, ou ao utilizar umidificadores de ar.

Também a colocação de carpetes e cortinas acumulam poeiras e podem trazer malefícios à saúde. Deve-se evitar roupas e cobertores de lã ou com pelos e exposição prolongada à ambientes com ar condicionado.

Mantenha a casa higienizada e arejada. Lave o nariz e olhos com soro fisiológico se precisar. Faça uma alimentação saudável. Sua saúde agradece!

Umidade baixa

Mesmo quando a temperatura sobe, o ar seco pode acelerar a absorção do suor pelo ambiente ao ponto de ressecar a pele.

Saiba que quanto mais quente o ar nos períodos nos períodos de longa estiagem, menor a umidade do ar.

Entre 15h e 16h, o nível pode cair para menos de 30% e gerar problemas para a nossa saúde, trazendo dores de cabeça, rinites alérgicas, algumas vezes sangramento nasal e garganta seca.

Umidade alta

Umidade alta traz dificuldades para a respiração, além de tornar as atividades físicas mais desgastantes.

Benefícios do umidificador de ar

Quando um período de baixa temperatura se inicia, os casos de problemas respiratórios aumentam em até 40%, de acordo com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF)

O uso de umidificadores de ar vai lhe ajudar na tarefa de lidar com a umidade. O umidificador de ar alivia o desconforto criado pelo tempo seco e cria um ambiente muito mais agradável.

Melhora a qualidade do sono 

O uso de umidificador é muito recomendado para ajudar quem ronca muito durante o sono, já que um dos motivos do problema está relacionado ao ressecamento da garganta e às vias nasais.

Umidificador é ideal para bebês?

Os benefícios dos umidificadores de ar para bebês são significativos. Conheça alguns deles: 

As narinas dos bebês são pequenas – até por volta de seis meses – e podem ficar facilmente congestionadas. O umidificador surge como solução para evitar esse tipo de problema ao ajudar a manter as narinas abertas. 

Como a pele dos recém-nascidos é suscetível a ter problemas no tempo seco, o seu uso é bem-vindo. Uma densidade de ar em um bom nível é fundamental para deixar o ambiente mais agradável.

Imagem de um bebê ao lado de um umidificador.
Umidificador mantém a umidade do ar dentro dos padrões

Como destacamos, o umidificador de ar é muito indicado para bebês durante o tempo seco, mas é preciso ter alguns cuidados. 

É preciso manter o aparelho limpo, pois ao utilizá-lo sem higiene pode ser tão prejudicial para o bebê quanto para o ar. Além disso, procure não deixar o aparelho muito próximo da criança.

Conclusão: Umidificador é ideal para amenizar os efeitos da umidade do ar  

O mercado apresenta produtos que se destacam pelo design e incorporação tecnológica de grande valor. Cabe ao consumidor encontrar as soluções mais assertivas na hora de qualificar sua saúde. 

Conforto, comodidade e praticidade são três palavras que se referem a um aparelho elétrico de grande utilidade para o ambiente. Estamos falando, é claro, do umidificador de ar.

Aquela fumacinha liberada durante a vaporização da água pode até não parecer, mas melhora muito o sistema respiratório.

Lavar a roupa com frequência e manter os cômodos arejados com uma boa limpeza são medidas convencionais que também ajudam no combate à baixa umidade. 

Mas são apenas soluções complementares, não é mesmo? Há diversos players do mercado que oferecem desde umidificadores simples até mais avançados.

O umidificador ultrassônico utiliza vibrações ultrassônicas de alta frequência que quebram as moléculas de água, transformando-as em uma névoa fina no ar para que purifique o ambiente.

Para um bom funcionamento, é imprescindível que você tenha alguns cuidados na hora de usar. Antes de tudo, é preciso ficar claro que os umidificadores não são climatizadores. 

Caso o ambiente já esteja umidificado, não use o aparelho, pois não é recomendado. Isso pode ajudar na proliferação de fungos. O umidificador deve ficar ligado entre três e quatro horas.

Mantenha o umidificador de ar em um local adequado, caso você tenha filhos em casa, evite deixar muito próximo da cama deles.

O ideal é que o aparelho fique a menos de dois metros de distância das pessoas, e um metro do chão.

Acesse o vídeo e confira as vantagens do umidificador digital

Não deixe o recipiente de água cheio enquanto não estiver usando o aparelho. Isso pode fazer com que uma parada de água possa acumular minerais no fundo e propagar microrganismos. 

Ambientes secos decorrentes entre os meses, maio e agosto impulsionam o consumidor na busca desse produto que é ideal para tornar um ambiente saudável.

A saúde é levada em primeiro lugar no quesito preocupação, principalmente para crianças e idosos.

Os benefícios do umidificador de ar fazem com que o aparelho seja um item essencial para ter na sua casa. 

Na hora de escolher o melhor modelo de umidificador de ar, opte por um que atenda sua necessidade. Os modelos de ultrassônicos da Elgin são ideais para quem deseja ter mais recursos e eficiência. 

Umidificador ultrassônico 

umidificador ultrassonico

Utiliza uma tecnologia ultrassônica para que as moléculas de água se quebrem por meio de um processo vibratório e crie uma névoa fria.

É possível regular a intensidade da névoa em até 3 níveis e ter desligamento automático quando o reservatório estiver sem água.

Umidificador digital

umidificador de ar

O umidificador possui as seguintes funcionalidades: função sleep sendo possível desligar o display digital para maior conforto e função “SMART”, que torna possível programar a umidade relativa do ar.

Climatizador FCE

Além de umidificar o ar, ele ventila e ioniza o ar. Tem tamanho compacto, puxador lateral para facilitar o transporte, conta com compartimento para gelo, encaixe ao enrolar o cabo e tanque de água de 7,5 litros.

Gostou? Confira outros conteúdos com esse no blog!