Iluminação 05/07/2022 | 3 min. de leitura

Lúmens x watts: Qual a diferença?

Uma dúvida comum a respeito de lâmpadas em geral é saber a diferença entre lúmens e watts. Algumas pessoas acabam confundindo os conceitos e isso pode prejudicar na hora de comprar lâmpadas e luminárias para a sua casa.

Para entender mais sobre intensidade de luz, é interessante saber a diferença entre lúmens e watts. Trouxemos nesse post tudo o que você precisa conhecer sobre o assunto.

O que é watts

O Watt, conhecido pela sigla W, é a unidade de medida de que determina a potência de consumo que uma lâmpada gera para fornecer iluminação, isso é, a energia que será consumida quando a luz estiver ligada, não a intensidade da luz do produto, como é muitos costumam pensar.

O valor é obtido quando é multiplicado a tensão, que é medida em volts, pela corrente, medida em amperes.

O que é lúmens

O Lúmen (LM), é uma unidade de medida usada para verificar a intensidade de luz que é produzida por uma lâmpada. Assim, podemos saber que quanto maior for a taxa de lúmens de um dispositivo de iluminação, maior será a força da luz quando estiver ligada. Através do lúmen, podemos inferir qual é a luminária mais indicada para um ambiente.

Leia também:

Qual lâmpada consome menos energia?

Para entender qual lâmpada consome menos energia, deve-se dividir a quantidade de lúmens pela potência da luminária.

Através desse resultado, é possível saber a quantidade de lúmen que a luminária emite a cada watt que é gasto.

As luminárias LED são as melhores opções do mercado, já que unem baixo consumo energético (watts) com alta potência luminosa (lúmens).

Lembre-se, quanto maior a quantidade de watts, maior o consumo de energia. Porém, a quantidade de Watts não se relaciona diretamente com a capacidade de iluminar da lâmpada, essa quantidade é medida através de lúmens.

Além disso, a lâmpada LED pode chegar a 50.000 horas de vida útil, alta durabilidade, podendo chegar a mais de 17 anos de uso, se considerada uma utilização de 8 horas por dia, durabilidade e baixo custo de manutenção e ser sustentável.

Outros fatores que tornam a lâmpada LED mais econômica:

Feita com Diodo emissor de luz: diodos emissores de luz funcionam em baixa voltagem e geram energia no estado sólido, proporcionando maior rendimento.

Não usam filamentos: os diodos emissores não usam filamentos para gerar luz.

Conheça a linha de lâmpadas LED da Elgin

Agora que você sabe mais sobre Watts, lúmens e porque a iluminação LED é a opção mais econômica para você, ilumine sua casa, apartamento ou empresa com as lâmpadas LED da Elgin. São lâmpadas que fazem a diferença no seu dia a dia.

A Elgin oferece um portfólio completo de iluminação LED, com produtos de baixo consumo energético e praticidade na hora da instalação. Fique por dentro sobre outros diferenciais que integram perfeitamente no seu ambiente. Confira alguns modelos:

Lâmpada Tubular LED

A lâmpada tubular sem necessidade de reator que traz uma economia de até 50% de energia. Bivolt com capacidade de até  25.000h, ele oferece opção de luz branca morna e branca fria e opção de branca neutra, de 4000K.

Filamento LED A60

Ótima para decoração de ambientes, a lâmpada de filamento apresenta diversas vantagens. Mais econômicas e com durabilidade até 4x maior do que as lâmpadas fluorescentes, 12x maior que as lâmpadas halógenas e 33x maior que as lâmpadas incandescentes.

Lâmpada BULBO LED

Modelo A55 – A60 – A65, a lâmpada BULBO é ideal para iluminação geral e decorativa em substituição às lâmpadas incandescentes e proporciona grande economia de energia.

Lâmpada PAR

A lâmpada PAR 20 – PAR 30 – PAR 38 que possui vida útil de 25.000h, índice de proteção IP20 e é bivolt.

Ideal para decoração e spots, são mais econômicas e com durabilidade(até 4x maior do que as lâmpadas fluorescentes, 12x maior que as lâmpadas halógenas e 33x maior que as lâmpadas incandescentes).

Depois dessas dicas, ficou mais fácil saber a diferença entre lumens x watts?

Mais Vistos

Conecte-se com a Elgin

Cadastre-se e receba novidades e promoções por e-mail.