Energia Solar 03/12/2021 | 5 min. de leitura

Painel solar: o que é, como funciona e qual o preço

Vantagens da energia solar vão muito além da economia de energia. Saiba por que o investimento pode valer a pena

O painel solar é um equipamento utilizado para realizar a conversão da luz do sol em energia elétrica por meio da captação dos raios solares. Ele é uma das partes que compõem um sistema solar fotovoltaico. Por se valer exclusivamente do sol, trata-se do método mais limpo de geração de energia.

O painel solar fotovoltaico é composto por células fotovoltaicas, normalmente fabricadas em silício cristalino e arsenito de gálio, que têm a sensibilidade de absorver a energia solar e gerar a eletricidade em duas camadas opostas (positiva e negativa). 

Apesar de o arsenito ser a substância mais utilizada no painel solar, o silício cristalino começou a ser usado para baratear o custo do produto, tornando o acesso à energia solar mais acessível.

Ao incidir sobre as células fotovoltaicas, a luz solar provoca a movimentação dos elétrons do material condutor, transportando-os pelo material até serem captados por um campo elétrico (formado por uma diferença de potencial existente entre os semicondutores). Dessa forma, gera-se eletricidade.

Apenas um painel solar (uma placa solar) não é suficiente para gerar toda a energia consumida em uma casa, empresa ou propriedade rural. Cada imóvel e consumo exigem um número certo de placas para conseguir gerar a energia necessária.

O estabelecimento ou residência consome a energia necessária para o seu uso, e o que não é consumido fica acumulado na rede da concessionária de energia, para consumo posterior. Apesar de o sistema fotovoltaico não exigir um ambiente com alta radiação para funcionar, a quantidade de energia produzida depende da densidade das nuvens. Isso significa que, quanto menos nuvens houver no céu, maior será a produção de eletricidade.

Tipos de painéis solares

Existem três tipos de painéis solares:

  • Painel solar monocristalino: é o tipo mais eficiente, feito de células monocristalinas de silício;
  • Painel solar policristalino: As células fotovoltaicas são formadas por diversos cristais, dando uma aparência de vidro quebrado à célula;
  • Painel solar de filme fino: o material fotovoltaico é depositado diretamente sobre uma superfície, como metal ou vidro, para formar o painel solar.

Embora os custos associados à instalação de um sistema fotovoltaico ainda sejam elevados a perspectiva é de que o investimento se pague em cerca de cinco anos devido à economia de energia.

A produção de energia elétrica varia muito de acordo com a região onde o sistema for instalado e a época do ano, já que esses fatores influenciam diretamente na quantidade de luz ao qual o painel solar estará exposto. Algumas placas conseguem armazenar mais energia em menos espaço, enquanto outras precisam de uma área maior. Tudo isso deve ser analisado antes de incorporar a placa no telhado.

Resistência do painel solar

Os módulos fotovoltaicos devem ser capazes de resistir a diversas condições, como a força dos ventos, calor extremo e impacto de granizo.

As cargas de ventos são um fator a ser considerado na hora de instalar o painel, pois elas são capazes de projetar um peso excessivo sobre as placas (estruturas planas e sem vazão) e, consequentemente, sobre a estrutura.

As estruturas de fixação também são importantes, sendo responsáveis por fixar os módulos sobre o telhado ou solo. Seu mau desempenho pode invalidar por completo o investimento na tecnologia.

Veja também:

Vantagens

A energia obtida através do painel solar vem sendo usada por indústrias, residências, para sinalização de estradas, funcionamento de cercas elétricas, entre outros fins. A grande vantagem da eletricidade gerada pelo painel solar é que a energia é renovável, além disso, o painel solar:

  • Necessita de pouca manutenção;
  • Grande vida útil e extrema durabilidade;
  • Não prejudica o meio ambiente;
  • Requer áreas menos extensas para a produção de energia;
  • Não é poluente;
  • É uma fonte de energia viável para lugares afastados e de difícil acesso, visto que não necessita de grandes investimentos na manutenção de equipamentos.

Quanto custa e qual a vida útil de um painel solar?

O valor de um painel solar varia de acordo com o fabricante, a eficiência, o tamanho, a garantia e a região de venda. Em média, cada placa começa a partir de R$ 800,00, já a vida útil de um sistema fotovoltaico é estimada entre 25 até 30 anos, com instalação simples e manutenção mínima durante os anos. No entanto, um painel solar de boa qualidade pode durar até 50 anos, com eficiência de 60% para a produção de energia elétrica.

O tempo de duração varia de acordo com os cuidados do proprietário (limpeza do telhado) e fatores como a irradiação solar, limpeza, posição do painel e índices de poluição da região. O sistema de energia solar deve ser limpo, pelo menos, duas vezes ao ano em lugares com falta de chuva ou com presença de muita poeira. Já em locais com um índice de chuva favorável, a limpeza deve ser feita anualmente.

Como escolher um painel solar?

Alguns fatores devem ser considerados no momento da escolha de um sistema de energia solar. Os principais são:

  • Eficiência;
  • Tolerância máxima de potência;
  • Fabricante;
  • Tamanho;
  • Garantia;
  • Tipo;
  • Coeficiente de temperatura.

Ao decidir instalar um sistema de energia solar em sua empresa ou residência, tenha em mente que a instalação das placas deve ser feita apenas por profissionais qualificados, que tenham as ferramentas adequadas e a experiência necessária para garantir uma instalação correta. 

A Elgin, uma empresa brasileira, com 70 anos, que tem como diferencial, além da qualidade dos componentes fotovoltaicos, oferece um sistema de energia solar 100% com a marca Elgin. Conseguindo dessa forma assegurar que o cliente possa ficar tranquilo em relação a qualidade, durabilidade, assistência técnica e garantia. Confira nossa linha completa para Energia Solar.

Mais Vistos

Conecte-se com a Elgin

Cadastre-se e receba novidades e promoções por e-mail.