Iluminação 07/05/2021 | 6 min. de leitura

Iluminação de ambientes decorados: dicas para valorizar a sua casa com a luz certa

imagem de uma sala decorada.
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

Projetos de interiores dão orientações sobre a escolha de móveis, acessórios e ornamentos. Agora, no estudo de ambientes decorados, já se deve fazer para os ambientes o pré apontamento de toda a locação elétrica. 

Quer dizer que, ao pensar no layout que terão os cômodos, pode-se já ter uma ideia do que será necessário de instalação elétrica para que os cenários fiquem mais bem iluminados, principalmente no período da noite.

Exatamente. De nada adianta se nós preenchermos os ambientes de casa com lindas peças, mas não considerarmos o efeito de luz e sombra nos espaços

Inclusive, para que as áreas funcionem como o desejado, é necessário um sistema de iluminação de apoio baseado nas atividades que serão desempenhadas no local. Existem diferentes possibilidades de fontes de luz para residências. Saiba mais no texto a seguir.

imagem de uma sala decorada para ambiente.
Que tal uma iluminação como essa para decorar a sua sala?

As diferentes possibilidades de distribuição de luz para salas decoradas

Ao percorrer as lojas de artigos para casa, você logo irá perceber que existem à venda vários modelos diferentes de aparelhos de iluminação. Sem conhecimento, você pode pensar que todos eles têm a mesma serventia. 

Porém, cada um foi projetado para oferecer uma possibilidade de iluminação. Ou seja, cada tipo de luminária poderá projetar um tipo de luz adequada para criar um efeito visual diferente.

Basicamente, nós poderíamos dividir essa possibilidade de iluminação em: luzes diretas e luzes indiretas.

imagem de um quarto decorado.
Efeito visual valoriza e decora o ambiente
imagem de uma sala decorada, destacando-se no ambiente.
Uma iluminação que pode fazer parte de seu projeto

As luzes diretas também podem ser chamadas de luzes focais. Trata-se daquele tipo de faixa de luz que é direcionada para um ponto específico da decoração. 

Existe aquele que precisa ser direcionado para evidenciar um local estratégico da proposta. Mas também aquele que, por conta do aparelho, atinge diretamente a superfície a ser iluminada sem que antes atinja outra superfície, como é o caso da luz direta central.

O segundo tipo que nós citamos, das luzes indiretas, faz relação a outros dois subtipos. Um deles é a luz difusa, filtrada através da própria luminária e que espalha-se uniformemente em um ambiente, sem geração de sombras. 

O outro é aquele tipo de luz obtido por meio de reflexo, onde as lâmpadas projetam um facho de luz sobre uma determinada superfície para depois, por reflexão, atingir outras áreas. Complicado de entender? Então, continue lendo.

imagem de um ambiente decorado.
Luminária ideal para esse ambiente

A iluminação ideal para cada ambiente da casa

Recapitulando, numa decoração de interiores podemos utilizar luzes diretas e indiretas. Em salas decoradas, podemos ter um destes tipos ou vários, tudo vai depender da proposta

Claro que existe também uma recomendação sobre a distribuição correta de pontos de luz em residências. Essa determinação pode fazer relação com um problema de iluminação existente, com o projeto de interiores, as atividades, e possíveis alterações futuras.

imagem de uma sala decorada. Para ter ambientes decorados conte com o auxílio de um profissional.
Projeto de iluminação é essencial para ter uma sala decorada

Já podemos ter alguma noção da composição deste plano de iluminação artificial depois de posicionar os móveis, adornos e mais nos ambientes

Desse modo, fica fácil ter um quantitativo ligado a uma tarefa visual e aos fatores de conforto, decoração e arquitetura, além do bem-estar dos moradores em geral. São recomendações dadas para a iluminação de cada tipo ambiente residencial:

Hall de entrada = deve ter uma iluminação geral muito boa e também ter pontos de luz extra para destacar, principalmente, a porta de entrada.

Sala de estar = não precisa de um ponto central, mas luzes suaves ao redor do layout.

Sala de jantar = precisa de uma iluminação direta acima da mesa – dirigida ou por reflexo -, além de luzes secundárias ao redor.

Cozinha = precisa de iluminação central bastante forte e luzes focadas sobre áreas de trabalho, como pia e fogão.

Quarto = deve existir uma iluminação central em conjunto com luzes auxiliares; se no ambiente houver zonas de trabalho ou de maquiagem, aí coloca-se uma luminária com luz farta, sem ser ofuscante, iluminando a zona.

Banheiro = ambientes assim, também de serviços, deve ter uma iluminação bastante farta enfatizando setores de atividade, em especial o box do chuveiro.

imagem de uma sala decorada.
Ambiente decorado e iluminado impacta no efeito visual
imagem de um ambiente iluminado.
A cozinha é um ambiente que precisa ser iluminado

A principal diferença entre os aparelhos de iluminação

Então, agora, sabemos que podemos e precisamos criar efeitos diferentes de iluminação nos interiores; e que, para isso, existem diferentes aparelhos. 

Nas lojas, podemos encontrar luminárias capazes de produzir diferentes tipos de luz, no que diz respeito a sua localização, direcionamento e potência – combinadas com as lâmpadas. São exemplos:

Luminárias para iluminação centralizada = com peças que fornecem uma iluminação geral para o ambiente. Quase sempre são instaladas no teto, como é o caso dos lustres e dos pendentes.

Luminárias para iluminação circunscrita = com peças que fornecem iluminação circundando o ambiente e criando áreas específicas de destaque. Quase sempre ficam instaladas ou posicionadas às paredes e sobre mesinhas e piso – é o caso das arandelas, abajures e colunas.

Luminárias para iluminação enfática = são peças que servem para criar faixas de luz especiais para enfatizar um ponto específico da decoração, como um quadro – é o caso dos refletores e spots.

imagem de uma de sala decorada. Essa imagem é um exemplo de salas decoradas em um ambiente.
Luminárias como peças decorativas e funcionais
imagem de uma sala de estar. Ambientes decorados trazem requinte.
Sala de estar decorada valoriza seu imóvel. Ter ambientes decorados traz requinte para sua casa

Conclusão: Ambientes decorados trazem requinte e valorizam seu imóvel

Vale observar as funções exercidas nos espaços para ter ambientes decorados. Isso é de extrema importância para um bom projeto de iluminação. A partir do planejamento, é possível determinar o tipo de lâmpada ideal para aquele espaço, além da criação de mais ou menos pontos de iluminação no ambiente.

Em outras áreas, como quarto, o layout com o espaço da cama definido também é importante para a instalação de luminárias indiretas para leitura e relaxamento. Também é importante delimitar espaços para o guarda-roupa e penteadeira antes de distribuir pontos de luz dentro do cômodo.

No projeto de iluminação, o profissional analisa quais os pontos merecem destaque e qual a melhor solução em lâmpadas e luminárias para o ambiente, sempre pensando na economia e durabilidade dos materiais.

Lembre-se que a maioria das salas decoradas irá exigir uma composição de iluminação mista composta de iluminação centralizada, circunscrita e também enfática. 

Vamos lá, ao decorar a sua casa, brinque com as alternativas, principalmente com as intensidades de iluminação, gerando os efeitos visuais mais atraentes possíveis. Seja criativo e surpreenda a todos.

Essas dicas de decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.

Conecte-se com a Elgin

Cadastre-se e receba novidades e promoções por e-mail.