Ar-condicionado 03/01/2021 | 9 min. de leitura

Ar-condicionado não gela? Conheça suas principais causas!

Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

Se você identificou que seu ar-condicionado não gela, saiba que esse problema pode ser resolvido seguindo essas simples dicas

Para enfrentarmos altas temperaturas, aquele calor intenso, além de uma alimentação e hidratação adequadas é necessário manter o clima dentro da temperatura ideal, que pode ser feito com o uso de um bom ar-condicionado.

Mas, se o ar-condicionado não gela, o que podemos fazer? Com a chegada do verão, esse é um problema que precisa ser resolvido rapidamente.

Estar em um ambiente com temperatura agradável faz a diferença no dia a dia, seja no trabalho ou na sua residência. O aparelho oferece conforto térmico e é ideal para que o corpo relaxe. Mas, é importante lembra de não deixar o ambiente frio demais. Uma dica muito válida: o jato de ar não pode estar direcionado para seu cômodo.

A questão principal é, como deixar seu ar-condicionado ao ponto de estar atuando corretamente?

Ar-condicionado não gela: identifique possíveis causas

O ar-condicionado não gela? Esse problema está relacionado a diversos fatores, como, por exemplo, a falta de gás refrigerante, manutenção precária, a não limpeza dos filtros e capacidade inadequada do aparelho no ambiente. O que pode ser feitos nesses casos?

Falta de gás refrigerante

O gás refrigerante é fundamental para o sistema de refrigeração. Uma das causas possíveis para uma eventual falta de ar frio se dá pela fuga desse gás, conhecido também como fluido refrigerante.

Um profissional experiente, credenciado pela marca do aparelho, deve ser acionado quando for necessário substituir o fluido. Fluidos de qualidade duvidosa podem danificar o seu aparelho. Tenha cuidado na hora de substituí-lo. Recomenda-se buscar assistências técnicas credenciadas pelo fabricante para evitar qualquer tipo de problema.

Filtros do ar-condicionado sujos

Assim como a área de um ambiente precisa ser higienizada, seja semanalmente ou diariamente, isso também precisa ser feito no seu ar-condicionado.

Os filtros do ar-condicionado acumulam poeira, bactérias e microrganismos que causam malefícios à saúde e faz com que o aparelho trabalhe mais. Isso acontece pelo simples fato de a passagem que circula o ar ficar bloqueada pelo excesso de sujeiras, ocorrendo assim geração de mais energia, com redução na vida útil de suas peças e mais manutenções.

Os filtros devem ser limpos uma vez a cada quinze dias. O tempo vai depender também do movimento no ambiente.

Obstrução das saídas

Verifique se as áreas de entrada e saída de ar, tanto da unidade interna, quanto da externa (no caso do split) estão bloqueadas. Mesmo que o equipamento esteja conectado de forma correta, ele pode não gelar. Agora, o próximo passo é retirar o que estiver obstruindo e observe se ele voltou a gelar normalmente.

Capacidade inadequada do ar-condicionado para o ambiente

O ar-condicionado precisa estar bem dimensionado para o ambiente. Sua potência é medida através da sigla BTU (Unidade Térmica Britânica). Saiba que os aparelhos de menor capacidade conseguem desempenhar de forma satisfatória nos cômodos menores da casa.

Um profissional técnico deve ser requisitado para constatar sua capacidade e fazer uma manutenção preventiva, a fim de estender a vida útil do produto. 

O que fazer quando o ar-condicionado não gela?

Podem ser por vários fatores que vamos abordar a seguir. Então, fique por dentro e conheça as várias formas de conseguir atingir temperaturas dentro do clima ideal.

Um dos motivos pode estar relacionado ao termostato – dispositivo interno destinado a manter constante a temperatura de um determinado sistema – deve ser adequado ao ambiente que deseja refrescar.

Nunca se deve colocar a temperatura do termostato no valor mais baixo que ele pode obter, uma vez que o interior do aparelho pode congelar ao ponto de impedir a circulação do ar frio.

Trocar o gás

O “combustível” do ar-condicionado é o fluido refrigerante. Ele é um item extremamente importante no funcionamento do ar-condicionado, tanto que transforma o ar quente em ar frio. Os fluidos mais comuns são: o R-22 e o R410-A.

Como ocorre o vazamento de gás?

Quando estiver vazando já há alguns dias, o ar-condicionado pode não ligar, ou ligar e desligar em seguida. Para saber se o problema do ar-condicionado é efetivamente falta de gás, devido a um vazamento, um profissional de climatização deve ser acionado para realizar testes no aparelho.

Quais os tipos de gás de ar-condicionado?

Afinal, qual é a função do fluido refrigerante? Alterar o estado físico (gasoso ou líquido) no ciclo de refrigeração. É esse componente que permite ao aparelho climatizar o ambiente.

Ao longo dos anos, vários fluidos refrigerantes foram testados e foi identificado que os mais antigos afetavam diretamente a camada de ozônio.

No cenário de hoje, a tendência é priorizar aqueles que causam menos impacto ao meio ambiente. A maioria dos aparelhos faz uso de gases considerados ecológicos, já que não emitem clorofluorcarbono (emissão de CFC). Trata-se de uma substância que é extremamente tóxica.

R-22

Gera ótimo desempenho para produtos de baixa e média capacidade. Embora a substância seja incolor, ela é inflamável. Em contato com a pele pode causar irritação e, se inalado, pode provocar até mesmo asfixia.

O seu uso está sendo reavaliado e substituído por muitas empresas, em vista do potencial nocivo ao meio ambiente e ao ser humano. Mas infelizmente o processo de alteração é lento e gradual. Muitos condicionadores de ar ainda utilizam esse tipo de gás.

R-410A

Este fluido é ecológico e não emite clorofluorcarbono (CFC), capaz de danificar a camada de ozônio.  É um componente não tóxico e não inflamável, tornando-se uma opção eficiente e segura.

R-407C

É um gás ecológico muito utilizado em aparelhos com tecnologia split. Possui boa eficácia e maior economia de energia. Apesar de que os equipamentos que o utilizam podem custar até 30% a mais que os abastecidos com outros gases, a diferença é recuperada com a economia considerável na conta de luz.

Qual é a durabilidade do gás?

Em condições normais de funcionamento do condicionador de ar, o fluido sofre somente transformações físicas, de líquido para gás, e de gás para líquido. Não há perdas na sua quantidade. 

Fechar portas e janelas

O que pode prejudicar a vida útil do ar-condicionado? Sem dúvida, quando as portas e janelas de sua casa estão abertas com o aparelho ligado. Para que o ar-condicionado atinja o máximo da sua performance é importante que todas as portas e janelas não fiquem abertas, evitando a entrada de ar quente nos cômodos.

Com o ambiente exposto, o aparelho terá que trabalhar muito mais para climatizar um espaço, seja em ambientes empresariais ou residenciais como sala de estar e quarto.

Faça a manutenção do ar-condicionado

Sempre, a segurança deve vir em primeiro lugar. Respeite todas as etiquetas de aviso do fabricante. O ideal é procurar uma assistência técnica credenciada, para diagnosticar o problema e realizar a manutenção necessária.

Frequência ideal de manutenção

Realize manutenção preventiva para que a vida útil do aparelho amplie. A manutenção completa do equipamento deve ser feita regularmente, variando conforme o uso do equipamento. É preciso pelo menos uma vez por ano em residências e até duas vezes em escritórios.

Assistência técnica

Quando a assistência técnica deve ser solicitada? Mal cheiro, ar-condicionado não gela mesmo depois das dicas acima, queda acentuada de gotas de água e filtro escuro são sinais sintomáticos para que se procure um auxílio técnico.

Também caso a conta de luz venha mais alta do que o normal, é outro indicativo que o seu condicionador de ar não está funcionando corretamente.

Com o trabalho de uma assistência técnica, o consumidor consegue economizar energia e se prevenir contra a proliferação de bactérias que podem acarretar em doenças respiratórias.

Se o seu ar-condicionado ainda estiver na garantia e foi instalado por um técnico autorizado da marca, acione a central da assistência técnica do fabricante. Saiba que a Elgin oferece 3 anos de garantia, caso seu aparelho seja instalado por um profissional credenciado.

No caso de a instalação do seu aparelho ser feita por um profissional autônomo, você deve contatar o próprio profissional que instalou ou faça melhor: procure por outros profissionais que realmente são especialistas em climatização.

Medidas preventivas para o bom funcionamento de seu ar-condicionado

Requisite um profissional para fazer a instalação e a manutenção preventiva, além de recorrer às assistências técnicas credenciadas quando for detectado qualquer tipo de problema.

Por exemplo, um profissional experiente deve ser acionado quando for necessário trocar o fluido. Fluidos de qualidade duvidosa podem danificar o seu aparelho. Então, tenha cuidado na hora de substituí-lo.

Também faça a limpeza de seus filtros. Com os filtros limpos, você obtém uma redução do consumo em média de 10%. É importante ainda utilizar aparelhos com alta potência de velocidade e de baixo consumo energético, se preocupe com seu posicionamento no ambiente, acione a função frio.

E o modo frio, como se caracteriza? Responsável por ligar a opção resfriar do seu aparelho, a função que pode atuar na temperatura mínima, por volta de 16 graus, é acionada pelo controle remoto. Destacada na apresentação de um desenho, que pode simbolizar um floco de neve.

Pesquise e busque por produtos que sejam representados por uma marca relevante no mercado. A Elgin, em seus mais de 66 anos de história, tornou-se uma marca conhecida por sua qualidade, credibilidade e inovações constantes, sempre com o objetivo de oferecer os melhores produtos aos seus consumidores.

Acesse o site da Elgin e encontre diversos aparelhos de ar-condicionado que vão lhe atender em todas as suas necessidades. Conheça alguns modelos:

Eco Inverter

O Eco Inverter está disponível nas versões frio e quente/frio – possui design clean, saída de dreno para os dois lados, display de temperatura invisível (só aparece ao ligar e é possível desligá-lo apertando a tecla “Screen”), Filtro Ion Air (elimina 99% de vírus, bactérias e ácaros do ambiente) e tecnologia ECO inverter (mantém a temperatura desejada e economiza até 40% de energia).

Eco Power

De 9.000 a 30.000 BTU/h, o Eco Power tem a potência ideal para manter o seu ambiente climatizado. Conta com um elegante e discreto display invisível tornando-o sutil em relação ao resto da decoração do ambiente, além de não atrapalhar com luminosidade quando o ambiente estiver no escuro.

Inverter Eco Life

Com capacidade de 9.000 a 24.000 BTU/h, o Inverter Eco Life conta com um baixo nível de ruído devido a Tecnologia Inverter e ainda é muito mais econômico por fazer menos força para funcionar, consumindo menos energia elétrica.

O ar-condicionado Inverter Eco Life conta com controle remoto e manual de instruções totalmente em português, tornando mais fácil e prático o uso no dia a dia.

Gostou? Confira outros textos no blog!

Conecte-se com a Elgin

Cadastre-se e receba novidades e promoções por e-mail.