Entenda como funciona a energia solar residencial

Guilherme Neves - 01/11/2019

Máquina de costura Elgin: Qualidade passada de geração em geração

Guilherme Neves - 01/11/2019

Consumo do ar-condicionado: um panorama geral

Guilherme Neves - 01/11/2019
energia solar
máquina de costura portátil elgin
consumo do ar-condicionado

Um das preocupações mais frequentes dos moradores é quanto ao gasto de energia elétrica dos aparelhos de suas casas. Principalmente, em relação ao consumo do seu ar-condicionado. Para ter conforto e praticidade no dia a dia procuramos contar com aparelhos modernos que dispõem de diversas tecnologias, design ousados e modos práticos de se utilizar.

Eletrodomésticos – Linha Branca – como refrigeradores, fogões, microondas, lavadoras e eletroeletrônicos – Linha Marrom – como televisores e equipamentos de áudio e vídeo compõe uma diversificada linha de produtos que está presente na casa de todos os brasileiros. Em especial, o ar-condicionado.

Para que se tenha um conforto em seu ambiente é comum utilizar ar-condicionado que tem alto consumo, principalmente, em dias de verão, quando as temperaturas atingem altas incidências de calor. E a solução para climatizar seu cômodo, seja sua sala de estar ou quarto, é acionar o botão do ar-condicionado ao ponto de ele gerar um ambiente ideal para você.

Mas, como ele é um dos aparelhos que mais consomem energia, é importante ficar atento quanto ao seu modo de usar, para que seu potencial não seja limitado e, é claro, para não ocorrer uma perda desnecessária de energia e, sobretudo, um aumento na sua conta de luz. O que para aqueles que se planejam em ter uma economia dentro de seus padrões financeiros não é nada positivo. 

No entanto, você não pode deixar de utilizá-lo somente porque ele pode lhe trazer despesas na conta do final do mês. Conforto e qualidade de vida que o condicionador de ar proporciona devem pesar muito mais na conta na hora de  adquiri-lo. Além do que, seu potencial pode ser melhor aproveitado.

É possível ter um consumo menor de energia, mesmo utilizando o ar-condicionado até por um dia inteiro.

Então, o que precisa ser feito? Saber exatamente qual o modelo correto para seu cômodo, qual o modelo ideal que vai lhe atender por completo e qual ar-condicionado que você pode utilizar para um consumo menor de energia

consumo do ar-condicionado

Como reduzir o consumo do ar-condicionado?

Ar-condicionado consome muita energia?

Não somente consome, como é um dos principais aparelhos de sua casa que influenciam no aumento do consumo energético. Mas o consumo do ar-condicionado está altamente ligado pelo uso de forma errada por parte do consumidor.

Por exemplo, quando os filtros estão sujos, o ar-condicionado precisa puxar mais energia para sugar o ar, o que, sem dúvida, acarreta em um gasto maior na conta de luz. E não prejudica somente quanto à questão energética. A performance do ar-condicionado também fica em xeque, pois, dessa forma, ela precisa trabalhar mais para chegar na temperatura escolhida.

Caso ele esteja gastando energia, deve-se lavar os filtros com a frequência adequada: uma vez por mês para aparelhos que não trabalham muito e a cada 15 dias em locais de muito movimento

Também é preciso que uma vez por ano seja feita uma limpeza profunda com um técnico credenciado pelo fabricante, inclusive com a substituição do filtro, que tem uma vida útil de seis meses a um ano, dependendo do uso.

Orientações como essas são cruciais ao utilizar o ar-condicionado. Assim como procedimentos relevantes que merecem sua atenção, como, por exemplo: não usar extensões ou adaptadores de energia, já que a tensão do produto deve estar de acordo com a rede elétrica de sua casa.

Importante notar isso, pois caso não estiver, você deve pedir para que troque o sistema elétrico na sua concessionária de energia, contando sempre com a orientação de um profissional extremamente capacitado.

Ressalto ainda que o uso de extensões pode causar curto-circuitos e até queimar o seu ar-condicionado. E o uso de conversores de energia pode prejudicar o seu funcionamento ao ponto de que ele consuma mais energia do que o necessário. 

Fique atento quanto a diferença entre as quantidades de BTUs

As unidades usadas para medir a capacidade do ar-condicionado tem a função de climatizar de forma mais eficiente ambientes de diversos tamanhos. Mas caso ele seja potente demais para o tamanho do ambiente pode estar ocorrendo um gasto muito maior de energia do que o normal.

Outro ponto importante: se a capacidade térmica do ar-condicionado for inferior ao que o ambiente necessita, ele poderá trabalhar em excesso ao ponto de que o compressor fique oscilante.

consumo do ar-condicionado

Ar-condicionado: redução de consumo e bem-estar

Como calcular o consumo de energia de um ar-condicionado?

Para calcular quanto seu ar-condicionado consome de energia, vale destacar as seguintes etapas: números de horas do aparelho ligado. Por exemplo, oito horas por dia; deve-se colocar na calculadora o número de dias por mês que você utiliza o ar-condicionado. Por exemplo, vinte dias; verificar o consumo de energia em kWh/mês. Informação, essa, que você encontra em uma etiqueta adesiva no produto, no manual ou na tabela de eficiência energética do PROCEL (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica).

Veja também o preço da energia em reais de kW/h cobrado pela empresa de energia elétrica. Mas o valor pode variar de acordo com a cidade/estado. Acesse nosso site e encontre o aparelho ideal.

Entrar em contato com a distribuidora de energia elétrica também está entre uma das medidas a ser efetuadas. Se você quer saber qual é o valor por kW/h, faça contato com uma distribuidora para ter a informação.

Qual é o valor gasto por mês de um ar-condicionado?

Vale destacar que a temperatura ambiente interfere no consumo de energia. Como já mencionado, o ar-condicionado gasta muita energia quando trabalha em extremos – mínima (arrefecimento) ou máxima (aquecimento). 

É ideal manter o ar-condicionado na temperatura média de 23ºC. Dessa forma, o aparelho funciona ao máximo de sua performance e, ao mesmo tempo, não ocorre sobrecarga de energia. 

Todos os aparelhos consomem a mesma quantidade de energia?

Planejamento é tudo. Ainda mais quando o assunto é economia do seu ar-condicionado. Fique atento quanto aos horários de consumo, seja pela manhã ou no início da noite. 

Sabe-se que a tarifa é impactada pelo consumo em larga escala. Ou seja, quando há concentração de consumidores utilizando equipamentos ligados, o valor é maior do que o normal.

Evite ligar os equipamentos a mesma conexão de tomada e desligue os aparelhos das tomadas quando não estiverem em funcionamento. Mesmo que estejam em stand-by, desligados mas conectados na tomada, pode ocorrer consumo de energia.

Há uma redução de energia considerável quando as medidas de segurança são realizadas corretamente. Podemos ver isso, pelo simples fato de que, ao desligar da tomada os aparelhos que estão fora de uso, há uma redução de consumo.

Fatores que interferem no consumo do ar-condicionado

Vários fatores podem influenciar no consumo de seu ar-condicionado. Principalmente caso se utilize um equipamento com potência menor do que o indicado para o ambiente. Essa sua ação vai aumentar em muito o consumo de energia.  

Deve-se fazer o correto dimensionamento da quantidade de btus necessário para a utilização do ar-condicionado. Para escolher o aparelho certo para o seu ambiente, deve-se utilizar uma calculadora de BTUs. 

Não abra suas janelas e portas. O funcionamento do aparelho é prejudicado quando as portas e janelas ficam abertas. Dessa forma o ar-condicionado não consegue refrigerar o ambiente da maneira adequada.

E sempre converse com o profissional da instalação. É ele que sabe mais sobre o produto. Trata-se de um profissional credenciado pelo fabricante. Então, não queira fazer a própria instalação, somente para ter economia ou por simplesmente acreditar que dá conta do serviço.

A melhor forma de instalar é sempre buscar o auxílio de um profissional. Ele vai saber qual é a melhor forma de instalar e o melhor modelo que vai ser integrado no ambiente, para que você consiga ter um aparelho funcionando ao máximo de sua performance. Mas o que isso significa? Um ar-condicionado que atinja a temperatura ideal.  

Redução do consumo do ar-condicionado acontece por estar na temperatura certa.

Redução de consumo e ar-condicionado na temperatura ideal

Vantagens da tecnologia inverter

O mercado conta com diversos modelos que consomem menos energia do que os convencionais. É o caso do inverter. Seu processo funciona da seguinte forma: ao invés de ligar e desligar como acontece nos modelos convencionais, o aparelho fica ligado direto em ciclos mais baixos, o que evita, assim, o liga e desliga que, sem dúvida, acarreta, no aumento de consumo. 

A tecnologia desse tipo de modelo faz com que o compressor do ar-condicionado fique ligado de maneira constante. Ou seja, sem oscilação de temperatura. Em relação aos modelos convencionais, ele chega a ser  mais econômico em até 40%.

Conforto térmico e menos ruído são outros diferenciais apresentados pelo inverter.

Quanto tempo posso deixar o ar-condicionado ligado?

Em termos de funcionamento, o ar-condicionado não precisa “descansar” em um período considerado curto, como 24 horas. Aparelhos Split e Janela funcionam de forma similar a de um refrigerador, onde o compressor desliga e liga de tempos em tempos.

Mas, vale ficar atento, quanto algumas limitações do aparelho. Existem modelos que não conseguem fazer aquecimento ou o resfriamento dependendo das condições climáticas externas.

E no caso do ar-condicionado inverter?

Como o modelo inverter não desliga o compressor. Ele pode ficar ligado direto no sistema. O sistema inverter faz com que o motor do ar-condicionado funcione de forma constante. O aparelho trabalha no mesmo ritmo sem precisar que seja desligado. Além disso, o gasto energético é menor quando comparado ao convencional. 

condensadora do ar-condicionado inverter da elgin

Ar-condicionado inverter

Dicas: Como economizar energia com o uso do ar-condicionado

Vale lembrar que mesmo deixando seus aparelhos de casa, como eletrodomésticos e eletroeletrônicos em “stand by”, ligados somente na tomada, pode ocorrer um gasto de energia.

Ter um ar-condicionado não é questão de somente ter um conforto maior em sua casa, é uma necessidade ainda mais, em dias de verão e em regiões extremamente quentes, quando as temperaturas atingem altas incidências de calor no ambiente. Mas, fica a dúvida, como podemos utilizá-lo ao ponto de não influenciar na conta da sua energia elétrica no final do mês

Há alguns procedimentos que merecem sua atenção, vamos a eles: mantenha o aparelho ligado em 23ºC, desligue as luzes quando o ar estiver ligado, realize uma limpeza de forma constante e busque por aparelhos com a capacidade ideal para o tamanho do seu espaço e, se possível invista em modelos inverter. Também instale o aparelho em pontos altos do cômodo, não deixe portas e janelas abertas.

Aumente a vida útil de seu aparelho colocando essas ações em prática. Sua conta de luz será reduzida no final do mês e seu ar-condicionado vai trabalhar da melhor forma possível, refrigerando seu ambiente da maneira correta.

Uso da energia solar para ar-condicionado

Preço e quantidade de placas solares necessárias para o desenvolvimento do sistema fotovoltaico estão entre os principais fatores quando se fala em ter energia solar para o ar-condicionado.

É um investimento alto, mas, que pode valer a pena. Para que seu ar-condicionado tenha ainda menos consumo, a utilização da energia solar, sem dúvida, será um fator a mais para que isso potencialize.

Para aqueles que procuram conforto, bem-estar e qualidade de vida, investir em um sistema fotovoltaico para seu ar-condicionado é a solução.

Conclusão: Quer ter um ar-condicionado com menos consumo?

Para que isso ocorra é fundamental fazer a limpeza de seu aparelho e, ao mesmo tempo, sua manutenção. Também procure um profissional e assistências técnicas especializadas, para que você consiga ter um ar-condicionado atingindo o máximo de sua performance. A temperatura ideal desejada e analisada para seu ambiente. 

Investir no modelo inverter para ter ganho de economia energética e utilizar o aparelho da maneira correta, respeitando a temperatura estabelecida para ter um clima ideal dentro de sua casa, são outros procedimentos que devem ser seguidos e colocados em ação.

Essencial também buscar por aparelhos fabricados por players relevantes do mercado, como é o caso da Elgin que tem mais de sessenta e cincos anos de trabalho, focando na qualidade e praticidade de seus produtos e oferecendo três anos de garantia em seus aparelhos de ar-condicionado. É a segurança que deve estar presente no seu dia a dia.

A Elgin conta com modelos que devem fazer parte de seu dia a dia:

Multi Split Inverter

ar-condicionado-multisplit-inverter-elgin

Multi Split Total Inverter é um modelo que tem painel com visor invisível e permite ligar até cinco unidades internas, proporcionando muita flexibilidade e economia de espaço. Além de ser monofásico, Quente/Frio e conta com Evaporadoras de 7.000/9.000/12.000 e 18.000BTU/h.

Eco Inverter

consumo do ar-condicionado, ar-condicionado elgin eco inverter

Com design clean, o modelo disponível nas versões Frio e Quente/Frio possui display de temperatura invisível – só aparece ao ligar e é possível desligá-lo apertando a tecla “Screen”, conta com Filtro Ion Air – elimina 99% de vírus, bactérias e ácaros do ambiente e dispõe de tecnologia ECO Inverter – mantém a temperatura desejada e economiza até 40% de energia. 

Gostou? Confira o nosso blog para ler mais conteúdos como este!