Ar-condicionado para empresa: saiba como escolher

Guilherme Neves - 19/11/2019

Tudo o que você precisa saber sobre os tipos de pilhas

Guilherme Neves - 19/11/2019

Confira como funciona a energia solar 

Guilherme Neves - 19/11/2019
pilhas-elgin
Paineis solares fotovoltaicos para contribuir na geração de energia solar.

O sol é energia pura. Elemento que traz vida para nosso dia a dia. Componente que libera energia vital para a nossa saúde e também para o produção da energia solar.

Uma energia que pode ser transformada em energia térmica ou elétrica e aplicada em duas formas: geração de energia elétrica e aquecimento solar de água. Mas como funciona a energia solar?

O sol incide nos painéis solares que captam energia e converte a luz do sol em eletricidade de corrente contínua

Um inversor é responsável por transformar a corrente contínua em corrente alternada – forma de eletricidade que é consumida em sua residência ou estabelecimento.

O trabalho do string box também é extremamente importante. O produto é fundamental para uma instalação de energia solar. Funciona como os disjuntores de energia dentro da sua caixa de distribuição.

É essencialmente um equipamento de proteção que isola o sistema de produção de energia fotovoltaica para impedir o risco de propagação de acidentes elétricos, como os curtos-circuitos e os surtos elétricos.

Onde é instalado os painéis fotovoltaicos? Em telhados de casas ou na parte superior de edificações. As placas são feitas por um material semicondutor como o silício que possui células fotovoltaicas que captam a radiação do sol

Importante lembrar que a geração de energia solar não é interrompida, mesmo que o tempo esteja nublado ou apresente dias chuvosos. A eficiência do sistema é tão grande que os módulos solares conseguem captar a radiação até mesmo em condições climáticas adversas.

Por ser um país tropical, o Brasil possui uma altíssima incidência de luz solar. Segundos dados do setor, a incidência dos raios solares é capaz de criar 5,4 quilowatts-hora por metro quadrado de eletricidade.

Para a produção de energia elétrica, utiliza-se diversas tecnologias. Conheça algumas delas: heliotérmica; onde a irradiação é convertida em energia térmica e posteriormente em elétrica; coletor solar ou aquecimento de água solar, em que a energia solar térmica é utilizada para aquecer a água das residências e também para uso industrial e energia solar fotovoltaica, no qual a energia solar pode ser convertida diretamente em energia elétrica, para uso residencial ou industrial.

paineis solares fotovoltaicos elgin

Painéis solares fotovoltaicos

O painel fotovoltaico recebe a luz do sol e gera energia

Dispositivos utilizados para converter a energia da luz do sol em energia elétrica, os painéis solares fotovoltaicos são utilizados em casas ou apartamentos

Vale ficar atento quanto aos procedimentos de segurança e melhores posicionamentos em sua residência.

Deve-se calcular a média de consumo dos últimos 12 meses para que se faça uma análise correta e, dessa forma, realiza-se um planejamento melhor quanto a sua utilização.

Cada sistema é dimensionado e projetado com base nos dados de consumo e geração de cada consumidor. Ou seja, há variações entre os sistemas fotovoltaicos dos consumidores.

Por exemplo, para uma residência localizada na região Sul pode ser necessário até 7 painéis solares. Já para uma casa na região Centro-Oeste, Sudeste, Norte e Nordeste é preciso, em média, 8 placas solares.

Para um sistema fotovoltaico padrão, conectado na rede elétrica da sua residência, você, sem dúvida, vai precisar de um Kit de Energia Solar residencial.

Mas como ele é composto? Painéis fotovoltaicos (placas solares), inversor solar, string box, estrutura de fixação, cabos e conectores específicos para energia fotovoltaica integram essa solução que visa trazer economia na sua conta.

A Elgin disponibiliza um Kit Solar que possibilita reduzir o valor da sua conta em até 95%.  É a hora de optar por renovar essa energia!

A energia é transportada para o inversor solar

Desenvolvido para converter a energia gerada pelos painéis solares em corrente contínua (CC) em corrente alternada (CA), o inversor solar é um equipamento fundamental dentro de um processo de captação de energia solar.  

Sabe-se que a corrente alternada utilizada em nossas casas e empresas desempenha um papel importante para gerar energia em aparelho elétricos.

O inversor solar converte a energia do sol para o padrão da rede elétrica

O inversor solar transforma essa energia em corrente alternada, que é a corrente elétrica compatível com a rede de nossas casas.

A energia produzida pode ser consumida imediatamente e todo o excedente retorna para a rede elétrica ou pode ser acumulada em baterias especiais.

A energia é distribuída para a sua casa ou empresa

A energia que sai do inversor solar é distribuída para sua casa. Ela pode ser usada para TVs, Aparelhos de Som, Computadores, Lâmpadas, Motores Elétricos. Isso quer dizer, tudo aquilo que usa energia elétrica e estiver conectado na tomada.

O excesso de energia vai para a rede distribuidora e gera créditos

O excesso de eletricidade volta para a rede elétrica por intermédio de um relógio de luz bi-direcional (mede a entrada e saída de energia).

Ele mede a energia da sua casa que é consumida quando não tem irradiação solar. Já a energia solar gerada em excesso é injetada na rede da distribuidora

A energia que vai para a rede da distribuidora se transforma ao ponto de gerar  uma compensação de créditos. Ou seja, o excedente energético poderá ser utilizado nos próximos meses

Então, pode-se dizer que há uma  produção de energia limpa com a luz do sol e uma redução na sua conta de luz. Uma troca de energia inteligente e funcional!  

Ressalta-se que cada distribuidora de energia tem as suas regras e há divergências quanto às exigências para conectar o seu sistema de energia solar fotovoltaica na rede elétrica.

Por isso é essencial solicitar orçamentos de integradores experientes que possam ir até o seu local para que faça uma avaliação profissional, fazendo um orçamento correto para a utilização de seu sistema fotovoltaico.

Energia solar instalada no telhado da sua residência.

Energia solar de vital importância para sua casa

Como funciona o sistema de energia solar?

Em primeiro lugar conheça a constituição de um painel solar que é composto por uma moldura de alumínio, vidro especial, duas camadas de película que envolvem as células fotovoltaicas, backsheet (fundo protetor) e uma caixa de junção.

Há inúmeras variações de painéis fotovoltaicos. Por exemplo, um painel solar comum feito de 60 células solares capazes de produzir cerca de 38 volts em corrente contínua em uma potência de até 260 watts tem aproximadamente 1,65 m² e pesa pouco mais de 12 Kg.

E os modelos geralmente variam de cinco até 370 watts de potência máxima, dependendo, principalmente da quantidade e eficiência das células utilizadas.

Um sistema de captação de energia solar pode ter diversos painéis fotovoltaicos montados. É possível trabalhar desde potências até tensões de saída do sistema de energia solar.

Qual é o papel da célula fotovoltaica?

Formadas por duas camadas de materiais semicondutores, um com carga positiva e o outro, com carga negativa, as células fotovoltaicas são materiais que absorvem fótons (partícula elementar mediadora da força eletromagnética) e liberam elétrons (partículas de carga negativa que ficam girando ao redor do núcleo atômico).

Quando a camada negativa da célula tiver absorvido fótons suficientes, os elétrons são liberados, migrando para a camada positiva. Assim é criada uma diferença de potência entre as duas camadas como acontecem em uma célula comum.

Qual é o papel do inversor solar?

Para que efetivamente as placas fotovoltaicas possam ser utilizadas, há um trabalho prévio do inversor. A energia captada é de corrente contínua (CC).

Para se adequar às características da forma de eletricidade utilizada em casas e empresas, a energia solar residencial necessita ser transformada em corrente alternada.  

O trabalho do inversor – produto com formato de uma caixa metálica com alguns botões, mas tem muitos componentes em seu interior –  visa transformar a corrente elétrica produzida pelas placas solares para que seja entregue à rede local em plena condição de ser utilizada.

Trata-se de um equipamento eletrônico que converte a corrente elétrica contínua (CC) em alternada (sinal elétrico CA) no sistema fotovoltaico. Pode-se dizer que é um adaptador de energia para o sistema.

O processo de inversão energética consiste em prover, logo na saída do inversor, uma tensão ou corrente alternada.

Para que isso possa ocorrer, utiliza-se uma corrente ou tensão contínua para alimentar essa saída. Por exemplo, uma tensão de 12v sai da bateria de um carro e vai para um terminal de 220v/60Hz.

Como ele é importante para o desenvolvimento de energia solar? Responsável pela otimização de energia produzida, ele garante a segurança de todo o sistema e realiza monitoramento.

Pode possuir ou não um transformador em seu interior. Inclusive alguns modelos que não possuem,  otimizando, assim, a energia produzida. Sabendo-se que os transformadores geram calor.

Como ele se mostra eficiente? Quanto menor energia térmica produzida, menor será a perda de energia elétrica.

Como funciona a energia solar em dias nublados?

Mas se a energia provém da irradiação solar, como o processo funciona em dias chuvosos e nublados? Entenda como funciona a energia solar em períodos com esse. 

Mesmo em dias onde não há incidência calor, o processo de energia solar se mostra operante.

Você sabia que os painéis solares funcionam tanto em dias ensolarados como em dias cinzentos? Isso ocorre porque esta tecnologia trabalha com a incidência dos raios ultravioleta e não do calor do sol.

Mas quando o tempo está fechado a eficiência energética é reduzida? Sob essa condição climática, o índice de insolação é menor.

No entanto, embora a eficiência energética seja reduzida nesses dias, a carga gerada pode ser suficiente para que se mantenha a energia dos aparelhos eletrônicos da sua casa.

O trabalho é constante: os painéis fotovoltaicos nunca param de gerar energia durante o dia, mesmo se sol estiver totalmente encoberto.

Existe um momento em que o sistema fotovoltaico não consegue gerar energia? Sim, durante à noite, pois não há luminosidade suficiente para que tenha produção de energia.

Antes de instalar os seus painéis, o profissional contratado deve estimar a sua necessidade energética e a média de insolação (condição provocada pelo excesso de exposição ao sol) da cidade onde você reside.

O cálculo é realizado com base na posição geográfica da instalação, a posição do sol, a duração do dia e, sobretudo, a intensidade solar durante todo o ano.

A eficiência é medida de acordo com modelo do sistema de energia solar investido. Ou seja, a qualidade é que vai determinar o desempenho dos painéis.

manutenção painel solar

Manutenção de um painel solar

Quanta energia produz um painel solar?

O tipo de painel utilizado responde essa questão. Ele determina quanto de energia foi produzido. 

O mercado dispõe de diversas opções para você escolher. E cada uma delas conta com uma eficiência diferente na transformação da radiação solar em energia elétrica. Vamos conhecer as principais opções:

Os painéis policristalinos possuem eficiência menor do que a dos painéis monocristalinos, ficando entre 14% e 20%.

Os painéis monocristalinos registram eficiência mais alta: entre 15% e 22%. Mas, devido o seu alto preço, ele não é tão utilizado quanto o policristalino.

São dois tipos de painéis de silício que possuem uma vida útil maior que 30 anos

Em 2018, cerca de 85% de todos os sistemas de energia solar instalados em casas já utilizaram alguma tecnologia baseada em silício.

E conhecendo somente o tipo de painel já é necessário para que possa saber quanto foi produzido de energia solar?

Para ter o conhecimento de quanto de energia foi produzida vale analisar outros fatores, como: a potência do painel, local da instalação, orientação e inclinação do painel, temperatura, manutenção, sombreamento e entre outros.

Qual é o melhor horário para obter o maior índice de radiação solar? A medição deve ser feita ao meio dia. É o horário ideal para se captar os melhores resultados.

Vale conhecer alguns termos utilizados. Por exemplo, Wp é a unidade de medida utilizada para painéis fotovoltaicos e significa a potência em W fornecida por um painel em condições específicas. É a potência máxima que um painel pode fornecer em condições ideais. Wh é uma unidade de medida de energia gerada. Isso quer dizer que uma potência de 10W exercida por 3 horas equivale a 10 x 3 = 30 Wh.

E ficar atento quanto ao tamanho do painel. Os dados variam de acordo com cidade e estação do ano. Então, não podemos dizer que existe um resultado assertivo. Dessa forma é crucial ter a assistência de um profissional que irá te atender com mais embasamento sobre o tema.

Créditos energéticos: o que são e como usá-los?

O sistema de compensação de energia é conhecido popularmente como créditos de energia solar e quem incentiva a produção e o uso da energia fotovoltaica é a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sob a Resolução Normativa 482/12.

 A lei possibilita que o gerador e consumidor da energia solar possa fazer uma substituição com a rede elétrica.

O sistema de compensação faz a diferença no momento em que a empresa responsável pela instalação do seu sistema fotovoltaico realiza a conexão do gerador. 

Os créditos de energia solar são produzidos com o excedente da energia gerada em uma unidade produtora.

O que isso significa? A energia originada com as placas solares que não for utilizada no seu imóvel retorna para a concessionária da sua região, transformando em créditos de energia solar.

Créditos, esses, que serão abatidos automaticamente da sua fatura de luz dentro de um prazo de utilização de 60 meses.

Energia solar na sua residência.

Energia solar residencial

Vale a pena ter energia solar? Conheça suas vantagens e desvantagens.

Fonte de energia limpa, sustentável e inesgotável, essa é a energia solar. Diferente dos combustíveis fósseis, como carvão, gás natural e petróleo, a geração de energia elétrica por meio da energia solar não emite gases poluentes – dióxido de enxofre (SO2), óxidos de nitrogênio (NOx) e dióxido de carbono (CO2) – que trazem malefícios para o meio ambiente.

Proveniente do sol, a energia não necessita de grandes áreas para ser implementada, como, por exemplo, acontece com as usinas hidrelétricas, que precisam de extensos terrenos, o que traz impacto no desmatamento.

O Brasil apresenta condições ideais para a geração desse tipo de energia. Existem áreas com forte radiação como, por exemplo, regiões como o Nordeste.

Além disso, o baixo custo de manutenção dos equipamentos também é visto como uma vantagem.

No entanto, investir em energia solar não é algo simples. As tecnologias utilizadas para a captação de energia solar são muito caras, principalmente, as placas fotovoltaicas de alta complexidade e o armazenamento das placas não são tão eficientes como deveriam ser.

Mas com o tempo, a tendência é de que os custos para a produção da tecnologia diminuem e a eficiência dos painéis aumente, apresentando um cenário promissor para o mercado.  

Conclusão: Agora você já sabe como funciona a energia solar

Conheça alguns modelos para trazer uma maior eficiência energética para você. É claro que de acordo com a sua necessidade

Inversor Solar 

Inversor solar, um dos principais equipamentos que compõe o kit solar.

Com potências de 20KW, 30KW, 50KW e 75KW, o inversor solar é utilizado para conexão na rede (On-Grid) e converte a energia das placas solares de corrente contínua para corrente alternada (utilizada nas residências, escritórios e comércio).

String box

o String box tem a função de proteger o sistema na parte de corrente contínua das placas solares fotovoltaicas que geram corrente contínua, isolando a instalação. Impede acidentes como curtos-circuitos e surtos elétricos.

E ao utilizar o Kit Solar Elgin – composto por painéis solares fotovoltaicos, inversor solar, string box, cabos de corrente contínua, estruturas de fixação e conectores – você vai contribuir de forma favorável para o meio ambiente e reduzir sua conta de luz.

Durante o dia, os painéis solares, conhecidos também como módulos fotovoltaicos, captam a luz do sol e o Kit Elgin transforma essa energia em energia elétrica apta para ser usada pelos eletrodomésticos da sua casa, atendendo suas necessidades de consumo. 

Toda energia que for produzida e não for consumida será injetada na rede distribuidora de energia local. Nesse momento, um medidor bidirecional (componente do sistema fotovoltaico que tem a função de medir o consumo de energia elétrica) contabiliza a saída de energia da sua casa direto para a rede elétrica. 

À noite, quando não há produção de energia solar, o consumo é atendido pela rede elétrica local. O medidor bidirecional então começa a contabilizar a entrada de energia. 

Sua conta de luz será calculada por um sistema de compensação, no qual toda a energia que saiu servirá como desconto para toda energia que entrou. 

Quando a saída foi maior do que a entrada, gerará créditos, para que você consiga abater em futuras conta de luz, reduzindo, assim, sua despesa para tarifas mínimas.

Gostou do texto? Confira outros conteúdos em nosso blog!